20/06/2015 - Operação combate a criminalidade no Distrito de Espigão do Leste

20/06/2015 - Operação combate a criminalidade no Distrito de Espigão do Leste

Cinco mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar, no município de São Felix do Araguaia, durante a operação “Mercado Paralelo 2”, de combate ao tráfico de drogas, armas e outros crimes.

A ação policial foi realizada no Distrito de Espigão do Leste, a cerca de 230 km da cidade de São Felix do Araguaia, e resultou na condução de seis pessoas à Delegacia de Polícia. Entre os detidos está um homem com dois mandados de prisão em aberto, três suspeitos de furto, entre eles um menor de 15 anos e duas mulheres, de 47 e 27 anos, por uso de droga,

O suspeito Rogério Costa Fernandes, 31, estava com dois mandados de prisão em aberto por crimes de homicídio um expedido pela Justiça do Estado de Goiás, e outro decretado pela Comarca de São Felix do Araguaia.

Os acusados, Adilson Soares da Silva, 40, o “Neguinho”, Kesley Santiago Costa, 23, e o adolescente L. C. S., 15, foram levado e interrogados por suspeita de praticarem um furto. Conforme inquérito policial instaurado para investigar o caso, Adilson e o menor são investigados como autores do furto e Kesley suspeito de receptar os objetos furtados da vítima.

De acordo com o delegado, Valmon Pereira da Silva, as ordens judiciais foram decretadas após investigação e identificação de uma loja que estava servindo como fachada para prática de crimes. “Durante cumprimento dos mandados e busca e apreensão foram apreendidos porções de droga, como maconha e crack, e materiais utilizados para o consumo de entorpecentes”, disse o delegado Valmon.

Participaram da operação “Mercado Paralelo 2”, quinze servidores da Segurança Pública, sendo treze policiais civis e dois policiais militares. O trabalho integra o planejamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para reduzir os índices de criminalidade no interior do Estado.

 

 

 

Comentários

Data: 21/06/2015

De: eu

Assunto: que isso

essas prova ai da foto serve nem para incriminar?.....?

Novo comentário