20/07/2011 – 07h:40 Quadrilhas rendem mototaxista e levam veículos.

Bandidos marcam corrida apenas para roubar; auto-escolas também são alvos

 Se já não bastasse o roubo de motocicletas em ruas e avenidas, os ladrões estão "inovando": ligam para empresas de mototáxis solicitando uma corrida e, assim que os mototaxistas chegam, são rendidos e obrigados a entregar as respectivas motos.

Foi o que ocorreu na noite de segunda-feira, no bairro 23 de Setembro, em Várzea Grande, onde duas motocicletas Honda Fan 150 foram roubadas dessa forma.

Segundo os mototaxistas, eles estavam na empresa onde trabalham no centro da Cidade Industrial, quando foram chamados para uma corrida até o bairro 23 de Setembro, onde um homem pedia dois mototáaxis. O ponto de referência era em frente a um frigorífico.

Ao chegarem no local, os dois mototaxistas foram rendidos por três homens armados com revólveres, que levaram as duas motos Honda Fan 150. Uma das vítimas, o mototaxista Edvaldo Santos, conseguiu ajuda de um amigo e saíram em perseguição. Minutos depois, encontrou a moto abandonada próxima à entrada da antiga fabrica de refrigerante Friss.

A outra motocicleta, no entanto, não foi localizada. O roubo está sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos.

Auto-escola

Outra modalidade de roubo de moto descoberta pela Polícia é em auto-escola. Ontem à tarde, três rapazes – aparentando ser adolescentes - armados com revólveres renderam uma aluna de uma auto-escola, que tem pista de aulas práticas no bairro São Tomé, região da Grande Morada da Serra, em Cuiabá.

A estudante foi cercada pelos ladrões, que a obrigaram a entregar a motocicleta Honda, placas JZW 8835, além de uma bolsa com documentos e pertences.

“Não pude fazer nada. Quando vi, eles (os assaltantes) pularam na frente da moto”, relatou aos policiais que atenderam à ocorrência. 

 

Fonte: Midia news

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário