20/09/2013 - Bancos fechados. Bancários em greve em Mato Grosso

Os bancários de Mato Grosso decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, nesta quinta-feira (19). As agências amanheceram com cartazes com os dizeres “estamos em greve”. A categoria reivindica 11,93% de reajuste, sendo 6,93% referente a inflação do período, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e mais 5% de ganho real, além de três remunerações referentes à Participação nos Lucros e Resultado (PLR), mais um valor fixo de R$ 5.553,15. A classe pede ainda piso inicial de R$ 2.860.

 

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) oferece 6,1% de reajuste sobre os salários, piso e todas as verbas salariais, como auxílio-refeição, cesta-alimentação e auxílio-creche, além de um PLR abaixo do que a categoria pede nas negociações.

 

Sindicalistas de Mato Grosso  disseram ao portal 24 Horas News que  "a nossa minuta de acordo foi entregue no início de agosto à Fenaban, com reivindicação de reajustes salariais de 11,93%, ou seja, inflação mais 5% de aumento real. A resposta dos banqueiros foi uma provocação, propuseram 6,1% de reajuste, o que repõe apenas o INPC do período, sem aumento real. A proposta é inaceitável, pois os lucros dos bancos são os maiores da história financeira do país", disse.

 

A categoria está organizando como vão funcionar os piquetes na porta dos bancos, principalmente na área central de Cuiabá onde se concentram a maioria as agências. A pauta econômica da categoria é unificada e o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal também vão participar do movimento. Apenas os caixas eletrônicos estarão disponíveis para atendimento ao público.

 

Jonas Jozino
Da Redação

 

Comentários

Data: 24/09/2013

De: Elias

Assunto: Greve

Quando caba greve previsão

Novo comentário