20/10/2012 - PF suspeita que títulos eleitorais achados em córrego de MT são falsos

Há indícios de que os mais de 50 títulos de eleitor e documentos de identidade encontrados em um córrego no bairro Capela do Piçarrão, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, foram falsificados, de acordo com o delegado da Polícia Federal, Cristiano Nascimento dos Santos. O delegado afirma, por exemplo, que há documentos contendo apenas os dados do eleitor, sem a assinatura.
 

"Pelo visto, os falsários não acharam pessoas com coragem suficiente para votar no lugar de outra e, depois da eleição, quiseram se desfazer das sobras. Antes, provavelmente falsificaram outros lotes e encontraram gente para votar", avaliou o delegado, ao explicar que a maioria dos RGs não possui foto. "Isso aumenta a probabilidade desses documentos não terem sido utilizados na votação", pontuou.
 

De acordo com o delegado, já foi feito o primeiro cruzamento de dados para verificar se as pessoas que constam nos documentos foram detidas no dia da eleição, mas, segundo ele, nenhuma delas foi. Agora, segundo ele, será feita perícia para identificar se realmente os documentos foram fraudados e verificado se alguém votou com os títulos eleitorais encontrados jogados.
 

O delegado avalia que existe a possibilidade dessas pessoas terem votado no lugar do verdadeiro eleitor, pois a Polícia Federal recebeu pelo menos cinco denúncias de eleitores nesse sentido. "Tem uns cinco casos relatados aqui [na PF] de que teve gente que votou no lugar do eleitor", afirmou. No entanto, de acordo com o delegado, ainda não há nenhum elemento concreto que possa comprometer alguém ou até mesmo apontar alguma irregularidade na eleição.
 

Autor do pedido de investigação, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) informou que parte dos documentos foi encontrada há uma semana por algumas crianças, que contaram para a professora sobre o ocorrido. A diretora da escola onde elas estudam foi quem denunciou o caso ao cartório eleitoral do município. Outros documentos foram encontrados nesta quinta-feira (18) or moradores do bairro.

 

 

G1 MT