20/10/2015 - Polícia Militar fecha cerco a crimes ambientais no Norte Araguaia

A ‘Operação Impacto III’ realizada nas últimas semanas tem gerado resultados expressivos e reduzido consideravelmente os índices de criminalidade na região.

 

O Comando Regional X da Polícia Militar comandado pelo Coronel Setubal com sede em Vila Rica, tem intensificado o policiamento ostensivo nos municípios do Norte Araguaia.

A ‘Operação Impacto III’ realizada nas últimas semanas tem gerado resultados expressivos e reduzido consideravelmente os índices de criminalidade na região que já foi considerada uma das mais violentas do país.

Prisões

No último final de semana quatros pessoas foram presas ou autuadas por crimes ambientais e porte ilegal de arma de fogo nos municípios de Santa TerezinhaPorto Alegre do NorteAlto Boa Vista eNovo Santo Antônio, cidades banhadas por vários rios, entre eles Rio das Mortes, Araguaia, Tapirapé entre outros.

Em Santa Terezinha (139 km de Vila Rica), no sábado (18) ao abordarem um homem em uma motocicleta Honda CG 150, cor vinho, em atitude suspeita, policiais militares encontraram na mochila do suspeito uma espingarda calibre 32 e um animal silvestre da espécie ‘tatu galinha’ abatido. O suspeito (identidade não revelada) foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia.

Ainda no sábado em Porto Alegre do Norte (129 km de Vila Rica), em uma ação integrada da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) e Polícia Militar foram apreendidos 168 quilos de pescado irregular das espécies tucunaré, pirarara e pirarucu em um estabelecimento comercial da cidade. O proprietário (identidade não revelada) foi multado em R$ 4.772,09.

Em Alto Boa Vista (254 km de Vila Rica), no domingo (19) a guarnição da Polícia Militar após receber denúncia, prendeu em flagrante delito um homem de posse de uma carabina calibre 22, várias munições do mesmo calibre, apetrechos de pesca proibidos por lei, um motor de barco, quatro animais silvestres das espécies paca e tartaruga todos abatidos e vários exemplares de peixes das espécies piau, tucunaré e cachorra. Diante do flagrante foi dada voz de prisão ao suspeito (identidade não revelada) e conduzido a Delegacia de Polícia.

No município de Novo Santo Antônio (373 km de Vila Rica) no domingo (19) a guarnição da Polícia Militar ao realizar abordagem a um veículo que deslocava sentido a cidade de Alto Boa Vista foi encontrado dezoito quilos de pescado abaixo da medida permitida por lei, dez quilos de carde de jacaré e uma tracajá (espécie de tartaruga). O condutor do veículo (identidade não revelada) foi preso por crime ambiental e encaminhado a Delegacia de Polícia.

Para o Cel PM Rhaygino Sarly Rodrigues Setubal os resultados dos flagrantes de crime ambiental que resultaram em prisões, apreensões de materiais, equimentos de pesca, armas de fogo e animais silvestres abatidos são frutos de um estudo, seguido de uma análise criminal e um bom planejamento, que contou com a participação da sociedade através de denúncias.

“Estaremos intensificando as barreiras, blitz de trânsito, abordagens e buscas pessoal e veicular no intuito de preservar a ordem pública e garantir os direitos individuais e coletivos dos cidadãos, combater os crimes ambientais e preservar a nossa biodiversidade para presente e futuras gerações” destacou Setubal. 

 

 

Eldorado.fm
Rafael Trindade

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário