20/11/2013 - Mato Grosso e em mais 6 estados é feriado no Dia da Consciência Negra

Comemorado em 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares, o Dia da Consciência Negra é feriado em mais de mil cidades brasileiras. Nos estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, o feriado foi instituído por uma lei estadual.

 

Mato Grosso é um dos poucos estados brasileiros que aderiram, integralmente, ao feriado nacional da Consciência Negra, que é comemorado 20 de novembro.

 

Em Mato Grosso, a lei estadual foi instituída antes da nacional, em 27 de dezembro de 2002, de acordo com o Diário Oficial.

 

A data, celebrada há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional.

 

Além dos 7 estados que aderiram ao feriado via lei estadual, outras 10 unidades federativas têm feriados em cidades onde foi instituída lei municipal.

 

Em São Félix do Araguaia – MT, as repartições públicas como prefeitura e órgãos de serviço do Estado estão com suas portas fechas. A rede municipal e estadual de ensino só retornam as suas aulas na quinta-feira. Segurança pública, polícias civil e militar, estarão em atuação durante o dia. Já a saúde, as Unidades de Saúde estarão de portas fechadas, só atendimentos de urgência e emergência estarão mantidos no Hospital Regional.

 

Para quem ainda está em dúvida saiba que o Dia da Consciência Negra é nacional, equivale para todo o Brasil, sendo que em algumas regiões do país este dia é celebrado como um feriado, regional.  Este dia é muito importante e serve coo reflexão em relação à introdução dos negros na sociedade brasileira. Este dia tem a finalidade de fazer você refletir e pensar na grande jornada e batalha que os negros enfrentaram contra o preconceito racial dentre os diversos outros problemas. Além disso, um detalhe bem interessante é que a semana em que está este dia é chamada da Semana da Consciência Negra.

 

A data é de reflexão sobre a importância da cultura e da história do negro no Brasil. Neste dia, no ano de 1695, morreu Zumbi dos Palmares, um símbolo da resistência à escravidão.

 

Zumbi, que quer dizer “a força do espírito presente”, era filho de guerreiros angolanos. Ele nasceu em um povoado de escravos no Brasil chamado de quilombo.

 

Foi capturado quando criança por soldados e entregue a um padre chamado Antônio Melo. Esse padre ensinou o português e o latim para o menino, que era muito inteligente e foi batizado com o nome de Francisco. Aos quinze anos, ele fugiu e voltou para o Quilombo.

 

Lá, ele se tornou um líder e lutou contra a escravidão. Ficou conhecido como Zumbi dos Palmares. Palmares foi o nome dado à região onde ficava o quilombo porque tinha muitas palmeiras. Hoje, estado de Alagoas.

 

Agora, em todas as escolas do país, os alunos estudam a história da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional.

 

A origem desta data, 20 de novembro, não é uma simples data, a mesma foi escolhida, pois coincide com a data em que Zumbi dos Palmares morreu. Se você não sabe, Zumbi dos Palmares foi um dos grandes heróis que lutou ao lado para defender os seus direitos e de todos os escravos. Essa data refleti a resistência dos negros com a escravidão e a grande luta que Zumbi do Palmares teve em toda a sua vida.

 

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário