20/11/2015 - PM expulso por emprestar farda a mulher durante festa de carnaval é reintegrado

A Polícia Militar de Mato Grosso reintegrou a tropa o aluno soldados R.A.C.T. excluído da corporação em julho de 2015, depois de emprestar sua farda a uma mulher. O aluno prestava serviços no Comando Regional II, Várzea Grande.

De acordo com a publicação em Diário Oficial do Estado (DOE), ele teria participado de uma festa particular em 15 de fevereiro deste ano (após a realização de suas funções durante o período de Carnaval) e, no ato, teria supostamente permitido que uma mulher utilizasse o fardamento pertencente à instituição. Ela ainda teria feito insinuções sexuais com o uniforme.

Conforme a publicação de hoje, 19, do DOE, a reintegração deve-se a cumprimento de determinação de decisão judicial, de antecipação de tutela de suspensão da decisão administrativa.

Caberá ainda a Diretoria de Gestão de Pessoas (Gerência de Manutenção) tomar as providências de implantação do subsídio do aluno soldado observando as formalidades legais e determinação judicial, perfazendo jus somente a remuneração vindoura. Conforme a publicação, a Diretoria de Ensino (DEIP) deverá adotar as medidas necessárias quanto à reposição das aulas/matérias perdidas pelo período.

 

 

Olhar Direto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário