21/01/2015 - Prefeitos apresentam demandas e recebem garantias do Governo

O governador Pedro Taques garantiu nesta segunda-feira (19.01) a continuidade da execução de projetos conveniados entre prefeitos de três municípios e a gestão anterior. Os prefeitos de Alto Boa Vista, Euzipe Domingues Gonçalves, de Campo Verde, Fábio Schroeter, e de Araguaiana, José Marra, fizeram uma visita de cortesia a Taques e obtiveram a garantia de recuperação de estradas e disponibilização de ambulâncias e óleo diesel.

“Nesta época do ano, as estradas começam a ceder com o período chuvoso. O governador vai fornecer óleo diesel para que as máquinas dos municípios continuem funcionando e regularizar o programa de fornecimento de ambulâncias, que não distribuiu os veículos a estas cidades”, reforçou o secretário do Gabinete de Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura.

Em Alto Boa Vista, Taques deve inaugurar em maio a escola estadual que vai atender aproximadamente 200 crianças do distrito de Piá Mão. “A obra era para ter sido entregue em dezembro, mas foi adiada. O Taques se colocou à disposição do município e estamos muito felizes com o governo dele”, frisou Euzipe. A escola vai contar com seis salas de aulas ao custo de R$ 6 milhões. O prefeito obteve o compromisso de Taques na recuperação da lama asfáltica da cidade.

Outra garantia é a manutenção do MT Integrado, programa que prevê a interligação de todos os municípios com pelo menos uma rodovia pavimentada. “Alto Boa Vista é um dos poucos municípios com a travessia urbana, a BR-242, não pavimentada”, disse Euzipe. A outra rodovia que passa pela cidade, a BR-158, também deve receber asfalto. Uma das preocupações do prefeito é com os antigos produtores da reserva Suiá Missú, conhecida por reserva indígena Marãiwatsédé, que foi devolvida aos índios no último ano. “Esta é uma questão que ainda precisa ser avaliada. Há muitas famílias sem moradia”, disse Eduardo Moura.

Em Campo Verde, a demanda do prefeito Fábio Schroeter é por segurança e infraestrutura. Uma erosão ameaça o trecho da MT-140 que passa na entrada da cidade. “Se não arrumar logo, a água vai levar a estrada”, alertou o prefeito. Já licitada, a obra está orçada em R$ 6 milhões. “Acreditamos muito no trabalho do Pedro Taques”. O prefeito aproveitou para externar preocupação com o aumento da violência após a pavimentação da rodovia Cuiabá-Campo Verde. “A cidade ficou bem próxima a Cuiabá. Dá para fugir rapidamente para Rondonópolis ou Primavera do Leste”, explicou Schroeter.

O prefeito de Araguaiana cobrou estradas, pontes e transporte escolar. “Transportamos aproximadamente 300 crianças entre alunos de escolas municipais e estaduais. A visita de cortesia também serviu para reivindicarmos isso. Estamos muito animados e temos certeza que tudo dará certo”, frisou o prefeito José Marra ao deixar o gabinete de Taques. O município também vai receber óleo diesel para recuperação das MTs 100 e 336. “Assim que tiver condições o governador vai nos atender com o transporte escolar, temos esta certeza”, destacou.

 

ANDRÉA HADDAD Redação/Secom-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário