21/02/2011 09h:3 TCE gasta R$ 111 mil com quadros de conselheiros

São 33 telas de ex-presidentes e atuais conselheiros pintadas pelo artista plástico Vitor Hugo, ao custo de R$ 3.375 cada uma.

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso gastou, neste mês, R$ 111 mil com a compra de 33 telas do artista plástico Vitor Hugo. Com formato de 0,50 cm x 0,40 cm, as telas retratam os ex-presidentes da instituição e os atuais sete conselheiros.
Cada tela, feita com técnica óleo, custou R$ 3.375,00. O serviço foi encomendado através de ato de inexigibilidade de licitação e orientação de parecer jurídico. O ato de autorização é da presidente da Comissão Permanente de Licitação, Carla Cristiny Esteves de Oliveira, datado de 09 de fevereiro passado
Segundo o TCE, as telas ficarão expostas no Memorial Rosário Congro, espaço que reúne a memória da instituição, com documentos, objetos, fotografias e móveis.
"A intenção é estimular e facilitar a visitação pública, em especial de caravanas de estudantes que todas as terças-feiras são recepcionadas no TCE-MT dentro do Programa TCE Estudantil. Doravante, o Memorial será o principal ponto de concentração para exposições e palestras nessas visitas", afirma texto no site da instituição.
Segundo ainda o texto, "a principal novidade será uma galeria com 33 quadros com imagens de todos os presidentes do TCE que ocuparam os cargos desde 1954, além dos atuais conselheiros . As telas estão sendo pintadas pelo consagrado artista plástico mato-grossense e cuiabano Victor Hugo. De renome nacional, o artista foi contratado por ineligibilidade de licitação.
Segundo o assessor de imprensa Américo Corrêa, o valor se justifica pela qualidade do trabalho, o renome do artista e o "valor artístico" das obras.
"Não é possível dizer que é caro. Afinal, obras de artes têm valor imensurável", disse.

 

KATIANA PEREIRA
DA REDAÇÃO