21/02/2014 - Empresas Aéreas querem parar de voar no Araguaia por falta de passageiros

Com percentual de ocupação em déficit, as empresas aéreas que operam no vale do Araguaia querem sair de circulação. No fim de Fevereiro a Asta deixou de realizar viagens para Cuiabá, operando apenas o transporte de malotes, agora a Sete linhas aéreas que opera voos para Goiânia, também quer sair de circulação na região.

Na última terça-feira dia 18, os prefeitos, Luciano deVila Rica, Baú de São Félix do Araguaia e Gaspar Lazari de Confresa, estiveram reunidos com os diretores da empresa Sete em Goiânia na tentativa de convencê-los a não suspender as operações.

Os executivos da Sete linhas aéreas expuseram aos prefeitos a situação, estes por sua vez apresentaram as potencialidades da região que vem recebendo grandes investimentos em todas as áreas. Foi marcada nova reunião na próxima terça feira dia 25 de Fevereiro em Confresa, para tentar reverter à situação, pois há projeções de aumento populacional acima da média para os próximos anos no vale do Araguaia.

São Félix do Araguaia é uma cidade turística e com tradição em voos, principalmente em épocas de festas tradicionais e temporadas de praia. Confresa e Vila Rica vivem momentos de crescimento acelerado e, grandes empresas se instalam na região, o que vai gerar aumento na demanda a médio e longo prazo, e claro quem já estiver operando se beneficiará desta demanda, “defendem os prefeitos”.

Os Prefeitos sugeriram ainda realizar uma mobilização junto à sociedade regional para que os empresários, grandes e médios agricultores e lideranças políticas, utilizem os serviços aéreos com maior frequência e que as companhias pratiquem preços mais baixos nas passagens, para que se torne viável voar até as grandes malhas aeroviárias que ligam o vale do Araguaia a todo Brasil e ao Mundo.

 

Ricardo Masson 

Comentários

Data: 21/02/2014

De: Maria

Assunto: preço das passagens

O preço cobrado pelas passagens é exorbitante. Fica mais barato viajar para a Europa do que para Goiânia.

Data: 21/02/2014

De: Coerente

Assunto: Opinião

Entendo que as empresas aéreas devam praticar preços mais em conta à condição da população da região. Hoje, mesmo tendo de viajar por horas e até dias e, com a malha rodoviária em estado precário, está sendo mais viável usar o transporte terrestre; Em outras épocas seria absurdo dizer isso, mas com a entrada da concorrência, está sendo praticado preços mais baixos e veículos com mais conforto e qualidade; Talvez esse seja o ponto chave no transporte aéreo, "concorrência".

Data: 21/02/2014

De: Maria Araguaia

Assunto: o valor da passagem

Engraçado né, o valor da passagem ninguém fala....aS EMPREZAS cobram o olho da cara e querem ter passageiros, se eeles diminuirem os preço vai ver que vai ter muita gente voando no Araguaia...pior mesmo é a situação dos 'aeeroportos" da reegião...que naum teem inluminiçao, se alguem passa mal dee noitee ou de madrugada, tem que ter sorte para alguentar até dee manhar pra sair,...VEERGONHA,

Data: 23/02/2014

De: moradora de s.felix do araguaia

Assunto: Re:o valor da passagem

olha para ter uma ideia daqui para gurupi eles falam que gastam 45 minutos de voo
e as uns anos atras eles faziam promoçao de passagem hoji nao eziste mais promoçao o presso e exorbitante a ultima veis que procurei eu asustei do valor de quaze 700,00 reais e um abisurdo nao tem quem de conta

Novo comentário