21/02/2015 - Polícia Civil prende na fronteira criminoso procurado por homicídio, estupro e latrocínio no Pará

21/02/2015 - Polícia Civil prende na fronteira criminoso procurado por homicídio, estupro e latrocínio no Pará
Um homem com quatro mandados de prisão foi preso pela Delegacia de Polícia Judiciária Civil, no  município de São José dos Quatro Marcos (315 km a Oeste da Capital), na tarde desta sexta-feira (20.02). O suspeito, Wenderson Jose dos Santos Pereira, 33, é procurado pelos crimes de estupro, homicídio, latrocínio e roubo. Todas as ordens foram decretadas pela Justiça do Estado do Pará.
 
O suspeito estava na  cidade há 20  dias e passou a ser monitorado depois que começou a se envolver com uma mulher investigada pela Polícia Civil, por envolvimento com o tráfico de drogas na região. A suspeita dava cobertura ao foragido do Pará.
 
Em diligências, os investigadores conseguiram abordar o suspeito em uma residência, na periferia de São José dos Quatro Marcos, que durante a checagem apresentou documento de identidade falso.
 
Diante do flagrante, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia e interrogado pela delegada Anamaria Machado. Em depoimento, ele informou que pegou o documento de identidade de um usuário da região e colado a sua foto. Mesmo não querendo confirmar a verdadeira identidade, os policiais conseguiram identificar os quatro mandados de prisão em aberto pelos crimes de estupro, homicídio, latrocínio e roubo.
 
Wenderson é considerado criminoso de alta periculosidade e  era procurado em todo estado do Pará. Segundo a Polícia Civil, o suspeito estava tentando se esconder na Bolívia.
 
Além do cumprimento as ordens judiciais, ele também foi autuado em flagrante pelo crime de uso de documento falso.  O criminoso foi encaminhado a unidade prisional da região,  à disposição da Justiça.
 
A ação foi realizada com apoio da Delegacia Regional de Cáceres, sob a titularidade da delegada Alessandrah Marquez Alecrim, e integra a operação “Actio Auctoritatis” da Polícia Judiciária Civil, que visa o cumprimento de mandados de prisão de pessoas foragidas e fortalecer investigações de tráfico de drogas e roubos.
 
O trabalho está inserido no planejamento operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para os 100 primeiros dias de combate a criminalidade do ano de 2015.
 
 
 
Escrito por assessoria - edição Kassu/ÁguaBoaNews

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário