21/02/2015 - Riva é preso pelo Gaeco na Operação Imperador e está no IML

Um dia antes de ser destaque no Fantástico, que anunciou a exibição de reportagem sobre esquema criminoso que desviou mais de R$ 500 milhões da Assembléia, o ex-presidente do Legislativo, José Riva (PSD), acaba de ser preso pelo Gaeco. A captura ocorreu na residência do social-democrata, localizada no bairro Santa Rosa, em Cuiabá. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela juíza Selma Rosane de Arruda, Vara de Combate ao Crime Organizado e é cumprido neste momento.

José Riva, que integrou a Mesa Diretora da Assembléia nos últimos 20 anos, deixou a vida pública em dia 31 de janeiro deste ano, enquadrado pela Lei da Ficha Limpa. O ex-deputado estadual responde a mais de 100 processos por improbidade administrativa e crimes relacionados à corrupção. Informações extra-oficiais dão conta que a prisão é resultado das operações Aprendiz e Edição Extra.

 

Esta é a segunda vez que Riva é preso. Em 20 de maio de 2014, o ex-deputado foi parar na cadeia após a deflagração da 5aetapa da Operação Ararath. Foi um desdobramento de investigação feita pela Polícia Federal, que apura esquema de lavagem de dinheiro e crimes financeiros envolvendo autoridades de Mato Grosso. A ordem de prisão, expedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), foi revogada após três dias. A defesa convenceu o ministro Dias Toffoli que restrição de liberdade era ilegal porque o Ministério Público Federal (MPF) omitiu, no requerimento da ordem de prisão, que o social-democrata exercia mandato parlamentar e gozava de foro privilegiado.

 

Às 15h50 - Genro de Riva chega na residência

O genro de Riva, João Emanuel acaba de chegar na casa do sogro. Já o advogado Valber Melo, que costuma patrocinar a defesa de Riva, afirmou ao Rdnews que ainda não tinha tomado conhecimento sobre a ação do Gaeco, por isso não poderia, por enquanto, comentar.

 

Às 16h - Riva já está no IML 

O Gaeco, formado atualmente pelo Ministério Público Estadual, Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, confirmou a prisão de José Riva. A ação ocorreu durante a deflagração da Operação Imperador, que investiga desvio de dinheiro público por meio licitações e pagamentos fraudulentos.

 

De acordo com o Gaeco, os fatos que culminaram na prisão do ex-parlamentar constam em denúncia criminal oferecida nesta semana ao Poder Judiciário. Além dele, também foram denunciados Janete Riva e outras 14 pessoas.

 

A prisão preventiva do ex-presidente da Assembléia foi decretada pela Vara Especializada Contra o Crime Organizado. O grupo responde por crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Neste momento, o ex-parlamentar encontra-se no Instituto Médico Legal (IML) para realização de exame de corpo delito. Na seqüência, deverá ser encaminhado para o sistema prisional.  

 

Mais informações em instantes

 

 

 

Jacques Gosch

 

Comentários

Data: 22/02/2015

De: veronica

Assunto: riva

CHUPA ESSA JOSÉ GERALDO RIVA SENTE NA PELE OQUE MUITOS PASSARAM POR SUA CULPA, POR TER ROUBADO O DINHEIRO DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE...

Data: 22/02/2015

De: Anastacia

Assunto: Politico Corrupto


Uma força tarefa do GAECO podia vir região do Araguaia.

Data: 22/02/2015

De: José Rezende

Assunto: CHUPA

CHUPA VANESSA !
CHUPA BIONDOS !

Data: 22/02/2015

De: pedro barbosa

Assunto: vergonha

vergonha pra mato grosso ter um uma pessoa dessa rolbando tanto tempo e nada de ser preso se eu rolbar hj uma caixa de fosforo no mercado vou preso na hora e um, fil da puta desse ai fica ai numa boa kd ex gov sinval que tbem merece kd nosso dinheirota nas fazenda axo que deve procurar em itiquira e outros lugares como sesc pantanal emcominde so axo que meu dinheiro e ralado e nao temos seguraça por causa disso dinheiro pro ralo salario de policias de merda pra levar bala e uma merda isso

Data: 22/02/2015

De: marcos

Assunto: Re:vergonha

infelismente daqui 2 dias no máximo ele esta solto,esse Brasil é uma vergonha.

Novo comentário