21/03/2012 Mato Grosso obtém os R$ 300 mi, serão beneficiadas as BRs 158, 163, 242, e 080.

O Ministério do Planejamento assegurou a liberação dos R$ 300 milhões previstos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I) para investimentos em saneamento na Bacia do Pantanal. A conquista foi resultado de articulação do governador Silval Barbosa (PMDB), que esteve reunido ontem com a ministra Miriam Belchior, em Brasília. 

O governo federal havia “segurado” os recursos do PAC I e II após a decisão da prefeitura de Cuiabá de conceder a Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) à iniciativa privada. A perda dos recursos foi, inclusive, motivo de grande parte das críticas disparadas contra a decisão anunciada pelo prefeito da Capital, Chico Galindo (PTB). 

No entanto, Miriam Belchior acatou os argumentos apresentados por Silval e garantiu que os recursos serão, sim, destinados ao Estado. Na semana passada, o governador já havia assegurado R$ 88,7 milhões do PAC 2 para obras de saneamento em 35 municípios do Estado. 

A ministra também se comprometeu a liberar recursos do PAC para obras em rodovias do Estado e aceitou a mudaa no traçado da BR-158, que passará no entorno da reserva indígena Marãiwatsede. Entre as rodovias que serão beneficiadas estão a BR-163, a BR-242, conhecida como ‘Rodovia da Integração’, e a BR-080, que ligará Mato Grosso a Goiás. 

Durante peregrinação à Brasília nesta terça-feira (20), Silval Barbosa também participou de reunião na Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, empresa estatal responsável pela construção da Ferrovia de Integração do Centro-oeste (Fico). Na ocasião, o peemedebista reforçou o pedido de construção de uma ponte rodoferroviária sobre o Rio das Mortes, localizado entre os municípios de Cocalinho e Água Boa, que, segundo ele, irá proporcionar maior crescimento à região. 

O secretário-extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo, informou que o projeto inicial da rodovia deverá ser alterado em 15 quilômetros para permitir o cruzamento junto à MT-236. 

Silval Barbosa também se reuniu com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), general Jorge Ernesto Pinto, para esclarecer dúvidas a respeito da construção da MT-158. 

Ernesto garantiu que a rodovia vai passar pelos municípios de Serra Nova Dourada, Bom Jesus do Araguaia e Alto Boa Vista. O temor era de que rodovia não chegasse aos municípios por conta de possíveis problemas ambientais que poderiam ser causados na terra indígena Marãiwatsede, porém o diretor-geral do Dnit informou que a rodovia irá contornar a área indígena, garantindo a preservação ambiental. 

O governador participou ainda da cerimônia de laamento do Programa Nacional de Educação no Campo (Pronacampo). Para ele, o programa irá melhorar significativamente a vida das pessoas que moram na área rural.

 

RENATA NEVES/O Repórter do Araguaia
 

Comentários

Data: 22/03/2012

De: rafael pereira

Assunto: br 158

e isto mesmo ele fica jogando um pra cima dos outro e nada fais ok

Data: 21/03/2012

De: Kalixto Guimaraes

Assunto: calixto_guimaraes@hotmail.com

EMBROMAÇÃO FEDERAL È RIDICULO A POSTURA TANTO DO GENERAL DO DNIT, QUANTO A DO GOVERNADOR SILVAL., CEDEREM A PRESSÃO DA FUNAI, ISTO SIGINIFICA QUE TODAS AS RODOVIAS DO PAIS QUE CRUZAM, ÁREAS INDIGENAS TERÃO OS SEUS TRAJETOS ALTERADOS!? MAS O QUE ELES QUEREM MESMO É EMBROMAR E NÃO FAZER O QUE JA DEVIA HÁ MUITO TEMPO, ESTAR PRONTO.

Novo comentário