22/06/2015 - Escolas de Confresa e São Felix do Araguaia estão inscritas no "Educadores no Brasil" do MEC

A partir desta quinta-feira (18.06), diretores e professores das escolas públicas de todo o Brasil podem se inscrever no Educadores do Brasil, iniciativa que engloba os prêmios Professores do Brasil e Gestão Escolar, realizados pelo do Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em parceria com instituições privadas e do terceiro setor. As inscrições podem ser realizadas até o dia 14 de setembro.

O Educadores do Brasil foi estabelecido visando ao avanço na qualificação do ensino. O foco é sobre a meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE) – valorização dos profissionais do magistério das redes públicas de educação básica – e na redefinição do papel do diretor a partir da disseminação de boas práticas de gestão.

De acordo com o secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto, o governo do Estado acredita que uma gestão de qualidade e o professor são determinantes para o sucesso do ensino/aprendizagem dos alunos – meta primordial das escolas e do próprio governo. “Estamos fazendo um chamamento e incentivando a participação dos gestores e professores da rede estadual de ensino para o Educadores do Brasil”, destaca, informando que as boas práticas desenvolvidas pelas unidades passarão inicialmente por uma avaliação do comitê estadual.

Durante esta etapa, serão analisadas as ações e os resultados que elas vêm surtindo junto à comunidade escolar. Depois da avaliação do conselho estadual, será selecionada a escola que concorrerá nacionalmente.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc/MT) conta com uma coordenadora regional da Iniciativa, a professora Eliza Maria, que está à disposição para orientar e auxiliar os gestores e professores no processo de inscrição nos prêmios. Além disso, recebe o apoio da Undime/MT na divulgação e desenvolvimento das ações no Estado.

Na edição 2013, do Prêmio Gestão Escolar, 218 escolas mato-grossenses se inscreveram. Cuiabá liderou o ranking com 43 unidades escolares, sendo 27 estaduais e 16 municipais, Rondonópolis ocupou o segundo lugar no número de participantes, com 38 escolas, todas da rede estadual, seguida por Tangará da Serra, que contabilizou 24 escolas, sendo apenas uma municipal.

Outros 11 municípios tiveram escolas inscritas: Alta Floresta (4), Barra do Garças (12), Cáceres (12), Confresa (3), Diamantino (13), Juara (6), Juina (15), Matupá (9), Pontes e Lacerda (8), Primavera do Leste (18), São Félix do Araguaia (2) e Sinop (11).Mato Grosso arrebatou o primeiro lugar da etapa nacional com a Escola Estadual Luiza Nunes Bezerra, do município de Juara-MT. A unidade escolar recebeu o prêmio ‘Referência Brasil’ e R$ 30 mil. Por lá, o aperfeiçoamento constante dos professores e projetos criativos acabaram com a evasão escolar.

 

 

A Tribuna
Mato Grosso

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário