21/07/2014 - Juíza vê pesquisa Vox ilegal e ordena apreensão no comitê de Taques

Trecho da liminar em que a juíza Ana Cristina Mendes determina busca e apreensão de todo material referente à pesquisa Vox Populi, em Cuiabá e no comitê do candidato ao Governo, Pedro Taques (PDT)

Agentes da Justiça Eleitoral estão, neste momento, recolhendo material de propaganda irregular divulgada pelo candidato ao Governo, Pedro Taques (PDT), em Cuiabá. Ocorre que a pesquisa Vox Populi divulgada, neste sábado (19), pelo jornal Diário de Cuiabá, em que Taques surge com 43% das intenções de votos, foi considerada ilegal pela juíza auxiliar do TRE, Ana Cristina Silva Mendes, que concedeu liminar determinando imediatamente a abstenção do material veiculado, sob pena de crime de desobediência.

Acontece que após a divulgação da pesquisa, a coligação Amor à Nossa Gente, do candidato ao Paiaguás Lúdio Cabral (PT), entrou com representação no Tribunal alegando suposta propagando ilícita baseada em resultados de pesquisa irregular. Diante disso, foi determinada busca e apreensão de todo material de propaganda relativo à pesquisa eleitoral.

Conforme a juíza, após o recolhimento de todo o material haverá investigação para apurar a possível fraude. “Da análise da documentação apresentada, verifica-se que a pesquisa divulgada no Jornal Diário de Cuiabá deixa de contemplar os requisitos exigidos pela legislação de regência, especificamente o nível de confiança, além da respectiva margem de erro, que, embora mencionada na capa daquele Diário, deixa de sê-lo na página em que efetivamente se divulga a pesquisa, o que por certo dificulta a interpretação de seus dados por parte do eleitorado”, diz trecho da decisão. 

Segundo o advogado que representa a Coligação Amor à Nossa Gente, José Patrocínio, houve uma série de irregularidades, tais como a pesquisa não dar destaque às pessoas que não sabem em quem votar. “A situação nos chamou a atenção. As informações não eram plausíveis”, sustenta. Procurado pelo Rdnews, o senador Taques estava em reunião e, segundo a assessoria, o pedetista retornaria a ligação após o término do evento

 

Escrito por Camila Cervantes | RDnews

Comentários

Data: 21/07/2014

De: JOSÉ REZENDE

Assunto: HEIN ?

XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Novo comentário