21/07/2016 - Documentário sobre os Catireiros do Araguaia será lançado dia 28/7 em Barra do Garças

21/07/2016 -  Documentário sobre os Catireiros do Araguaia será lançado dia 28/7 em Barra do Garças

O documentário Catireiros do Araguaia – uma família no palco, tradição dos pés à cabeça estreia quinta-feira, dia 28 de julho, às 20h, no anfiteatro Fernando Peres de Farias (sede da Prefeitura), em Barra do Garças (MT). A exibição será realizada na abertura do show Viola in Concert que terá a presença do violeiro premiado nacionalmente Arnaldo Freitas, do programa Viola, Minha Viola, da TV Cultura, que acompanhou por muitos anos a cantora e folclorista Inezita Barroso, que morreu no ano passado.

O documentário sobre os catireiros do Araguaia foi produzido com recursos do Prêmio Tradições MT, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, em parceria com o Núcleo de Produção Digital da Universidade Federal de Mato Grosso (NPD/UFMT), Câmpus Araguaia, o documentário conta a história da família de Araguaiana (MT) que forma o maior grupo de catira do Brasil. 

São cerca de 60 integrantes, filhos, netos e bisnetos que seguem a tradição do casal Joana de Araújo e Orlando Fernandes. Paulistas de nascimento e mato-grossenses de coração, Joana e Orlando vivem há mais de 40 anos em Araguaiana. No Médio-Araguaia, encontraram amigos, um jeito suave de viver e inspiração para as músicas que compõem sobre a rotina simples na roça, a natureza da região, a catira e a viola.

Além do documentário, o projeto também realizou, com recursos do Prêmio Tradições MT, uma apresentação musical dos Catireiros do Araguaia em maio deste ano, em Barra do Garças. A gravação do show e o documentário fazem parte de um DVD que tem direção da jornalista Carina Benedeti, também coordenadora do projeto, e fotografia do professor da UFMT Gilson Costa, coordenador do NPD/UFMT.

Segundo Carina Benedeti, a entrega do DVD às escolas públicas de Barra do Garças e Araguaiana, que também faz parte da proposta, é uma maneira de despertar o interesse das novas gerações por músicas que se diferenciam do padrão musical de mercado atual.

Para o coordenador dos Catireiros do Araguaia, professor Miro Fernandes, o DVD tem importância histórica por registrar a trajetória e a produção do grupo ao longo dos anos.

Mais um evento com apoio do Núcleo de Produção Digital da UFMT coordenado pelo professor Gilson Costa. 

 

 

Assessoria / NPD UFMT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário