21/09/2015 - Taques diz na Veja que é "ilógico" não investigar Dilma Rousseff

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou à revista Veja desta semana que é "ilógico" não investigar as contas de campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), como determinou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo denúncias, ela teria recebido dinheiro roubado nos desvios da Petrobras, investigados pela Operação Lava-Jato.

À revista, Taques falou de sua gestão, reclamou das distorções do pacto federativo e sobre a possibilidade de impeachment de Dilma.


Confira a íntegra da entrevista:

 

Da Redação
 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário