21/12/2013 - O músico pernambucano descobriu que estava com câncer de pulmão no dia 11 de dezembro e respondeu mal à primeira sessão de quimioterapia

Morreu, nesta sexta-feira (20), o cantor pernambucano Reginaldo Rossi, aos 69 anos. Ele estava internado no Hospital Memorial São José, no Recife (PE). O corpo do músicoserá velado no Plenário da Assembleia Legislativa do Recife, na tarde desta sexta (20). O enterro acontece neste sábado (21) no cemitério Morada da Paz.

Reginaldo deu entrada no hospital em 28 de novembro e foi levado diretamente para a UTI. Na ocasião, a família não divulgou a causa da internação. Em 4 de dezembro, um nódulo foi retirado da axila direita do cantor e submetido a biópsia. No dia 9, passou por um procedimento chamado toracocentese, que retirou dois litros de líquido acumulados entre a pleura e o pulmão. O resultado da biópsia, divulgado no dia 11, confirmou o diagnóstico de câncer de pulmão.

Em sua primeira sessão de quimioterapia, o cantor respondeu mal e precisou de hemodiálise e remédio para controlar a pressão. Em 12 de dezembro, a pressão arterial se estabilizou e o funcionamento dos rins e os exames laboratoriais também melhoraram.

Porém, na tarde de 19 de dezembro, Reginaldo voltou a ser entubado, desta vez por apresentar fadiga muscular e queda da saturação de oxigênio, conforme divulgou o boletim médico.

 

Escrito por Terra

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário