21/12/2015 - Fabris e Botelho saem de licença

Atendendo o sistema de rodízio os deputados estaduais, Gilmar Fabris (PSD) e o vice-presidente da Mesa Diretora, Eduardo Botelho (PSB), tiveram licenças aprovadas para dar espaço aos suplentes.

 

No lugar de Fabris assume o ex-prefeito de Acorizal Meraldo Sá (PSD). Já na vaga de Botelho assume o ex-reitor daUniversidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Adriano Silva (PP) que deve filiar-se ao PSB, que pretende trabalhar a candidatura de Adriano para a prefeitura de Cáceres nas eleições municipais de 2016.

 

“Atendendo a um pedido do meu partido, abrirei espaço ao meu colega. Foi um pedido do Carlos Fávaro. E nada mais justo que abrir espaço aos colegas que nos ajudam com o coeficiente, não nos elegemos sozinho”, explica Gilmar.

 

Para o parlamento autorizar licença, são necessário um afastamento superior a 145 dias. Fabris deve retornar no final de fevereiro.

 

O vice-presidente da Mesa não foi encontrado para falar sobre sua licença das atividades parlamentares. 

 

 

 

Fernanda Leite, repórter do GD

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário