22/04/2014 - Mendigo tem corpo queimado em praça pública de MT e corre risco de morte

A Polícia Militar (pm) de Barra do Garças (500 km de Cuiabá) foi acionada para atender uma ocorrência que chocou a população local. Um mendigo teve o corpo queimado, após os própios colegas, também moradores de rua, terem lhe ateado fogo no momento em que dormia. A ocorrência foi registrada por volta das 23 horas do domingo (20).

O morador de rua, que dormia em uma praça central, acordou com o corpo em chamas e saiu gritando pedindo socorro. O proprietário de uma barraquinha de cachorro quente viu o desespero da vítima pedindo socorro e pediu que a vítima rolasse no chão para apagar o fogo.

A vítima, de aproximadamente 40 anos, não foi identificada porque não portava documentos e foi levada em estado grave ao Pronto Socorro com queimaduras de terceiro grau. O tenente Suarez, que atendeu a ocorrência, disse que a vítima está entubada e teve as vias respiratórias queimadas. "Segundo os médicos, ele corre risco de morte", explicou o oficial da PM.

 “Um dos suspeitos, ao ser detido, disse que ateou fogo na vítima por causa de R$ 20”, acrescentou o tenente. Foram detidos Everton Peres Ribeirão Brandão, 32 anos, que teria comentado que o motivo do crime seria uma briga por causa de R$20,00; Leandro Alves da Silva e Lázaro Alves da Silva.

Em Barra do Garças, a prefeitura montou uma casa de apoio para acolher os moradores de rua, mas a maioria prefere morar nas ruas. A saída seria a internação compulsória cuja decisão depende de solicitação do Ministério Público junto ao Poder Judiciário.

 

 

Valdeir Gonçalves - RedeTV

Comentáriose

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário