22/05/2015 - Cerveja Benedita está de volta ao mercado mato-grossense

Depois de esgotar nas prateleiras dos supermercados e das principais casas especializadas, a Benedita Furrundu Stout está de volta ao mercado mato-grossense. O segundo lote da cerveja, que valoriza a cultura cuiabana ao introduzir em sua receita um típico doce regional, já pode ser encontrado em Cuiabá e cidades do interior.

“É a mesma cerveja, com mesma personalidade. A diferença desta vez está no rótulo, no qual incluímos a Medalha de Bronze obtida no Concurso Brasileiro de Cervejas”, explica Rodrigo Vargas, um dos criadores da Benedita, referindo-se ao principal concurso do setor, realizado em março na cidade catarinense de Blumenau (SC), em março.

“A medalha conquistada em Santa Catarina nos deu muito ânimo porque comprova a qualidade de nossa cerveja. Mais do que qualquer outra coisa, a gente quer que a Benedita seja lembrada pela sua qualidade”, diz Anselmo Carvalho Pinto, sócio de Rodrigo. “Acho que estamos conseguindo”.

Rodrigo e Anselmo explicam que os pontos de venda continuarão sendo basicamente os mesmos do primeiro lote. Entre os meses de fevereiro e março, a Benedita Furrundu Stout foi uma das cervejas especiais mais vendidas em Cuiabá. Uma grande rede de supermercados comercializou, sozinha, mais de 120 caixas em apenas dois meses, uma quantidade poucas vezes vista em Cuiabá em se tratando de cervejas especiais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Benedita nasceu em Cuiabá como resultado da paixão de Anselmo e Rodrigo por cervejas especiais. Em 2012, os dois amigos começaram a fazer a bebida na casa de Rodrigo, no bairro Shangri-lá. A princípio, a cerveja era produzida apenas para consumo próprio ou para presentear os amigos, já que a venda deste tipo de produto, sem autorização do Ministério da Agricultura, é proibida.

Desde 2012, Rodrigo e Anselmo experimentaram várias receitas, algumas delas com a adição de ingredientes regionais, como foi o caso do furrundu, um doce típico feito com caule do mamoeiro, rapadura e gengibre. Das produções, a Furrundu Stout foi a que mais fez sucesso, sendo considerada por especialistas do ramo como uma das melhores cervejas caseiras de 2014.

Aliás, foi em 2014 que os dois sócios conseguiram viabilizar a produção industrial de sua receita em uma cervejaria de Ribeirão Preto (SC), a Invicta, uma das mais conceituadas do Brasil. A parceria continua dando frutos em 2015, com a produção de mais um lote na cidade paulista.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário