22/06/2016 - Taques anuncia criação de gabinete para a articulação política

22/06/2016 - Taques anuncia criação de gabinete para a articulação política

O governador Pedro Taques (PSDB) anunciou, nesta terça-feira (21), que irá criar um gabinete de articulação política, na segunda reforma administrativa do Executivo. Com isso, a Casa Civil passará a ter uma função mais interna.

 

“Uma das mudanças que faremos na administração do Poder Executivo é a criação de um gabinete de articulação política, para fazer política. A ideia é que a Casa Civil tenha uma função mais interna, falar para dentro, organizando e fazendo uma coordenação, para que possamos entregar mais em menos tempo”, disse ele, durante evento no Palácio Paiaguás.

 

De acordo com o governador, o comando do gabinete ficará com um agente político. Entretanto, ele não quis relevar o nome.

O objetivo, segundo o tucano, é aumentar o diálogo com os poderes, em especial a Assembleia Legislativa. Este, inclusive, foi um dos pedidos dos parlamentares em recente almoço no Paiaguás.

 

“Faremos política, política com ‘P' maiúsculo, não política para troca-troca, não política do dando e recebendo. Não é isso. Nós queremos fazer política, mas aqueles que não entenderem, temos que respeitá-los”, afirmou.

 

Projeto na AL

 

Taques disse que irá se reunir com os deputados, antes de enviar o projeto da nova reforma do Estado.

 

Entre as mudanças estão a extinção dos gabinetes de Desenvolvimento Regional e de Assuntos Estratégicos e da Secretaria de Ciência e Tecnologia.

 

Além disso, as “descentralizadas”, como MT-Par, Metamat e Fapemat, também devem ser cortadas.

 

“Quero dizer que, hoje, passo a última olhada na reforma administrativa. Mas, antes de entregá-la à Assembleia, na semana que vem, teremos uma reunião com os deputados para apresentar a proposta”, disse.

 

“Essa reforma será feita e teremos momentos de debates na Assembleia, que é o melhor lugar para isso. E respeitando a opinião daqueles que são contrários. Mas, na democracia, a maioria vence”, completou.

 

 

 

 

Douglas Trielli 

Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário