22/07/2011 - 10h:00 Silval quer "apuração rigorosa" da morte de jornalista

Governador se diz consternado e manda apurar o crime; Auro Ida foi morto com seus tiros

O governador Silval Barbosa (PMDB) manifestou, na manhã desta sexta-feira (23), consternação pela morte do jornalista Auro Ida. O chefe do Executivo revelou que já determinou à cúpula da Segurança Pública "uma investigação rigorosa" para apurar os fatos.

Auro Ida foi executado com seis tiros, nas primeiras horas da manhã de hoje, no bairro Jardim Fortaleza.

Com base nas primeiras informações da Polícia Militar, o profissional estava com a namorada, num carro, quando foi surpreendido por um homem, que disparou seis vezes. O jornalista foi atingido na cabeça e no tórax.

Confira a nota do Governo do Estado, divulgada pela Secretaria de Comunicação Social (Secom):

"Fiquei extremamente consternado com a notícia da morte do jornalista Auro Ida ocorrida no início da madrugada desta sexta-feira. Determinei à cúpula da Segurança Pública uma investigação rigorosa para apurar os fatos.

Radicado em nosso Estado há vários anos, Auro Ida trabalhou em diversos veículos da imprensa mato-grossense e sempre foi um profissional dedicado, competente e comprometido na defesa dos interesses de Mato Grosso.

Em nome de todos os mato-grossenses, neste momento de tristeza, externo minha solidariedade a familiares, amigos e companheiros de trabalho deste grande jornalista.

Silval da Cunha Barbosa
Governador do Estado de Mato Grosso" 

 

MidiaNews

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário