22/11/2014 - Um lado do Araguaia população comemora progresso do outro inicio de sofrimento

A Rota do Araguaia, que acontece nesta quinta e sexta-feira (20 e 21.11), dá continuidade a uma série de inaugurações e vistorias da comitiva do Estado, liderada pelo governador Silval Barbosa. As obras fazem parte do Programa de Governo ‘MT Integrado’ e tem o objetivo de ligar, por pelo menos uma via de asfalto, todos os municípios de Mato Grosso que ainda não possuem ao menos uma via pavimentada.

Com essas inaugurações, aos poucos as estradas de terra dão lugar ao asfalto e melhoram as condições de quem trafega pelas rodovias de Mato Grosso, garantindo mais agilidade no escoamento da produção e maior segurança nos trechos que ligam os municípios do Estado.

Dentre os trechos asfaltados e inaugurados pelo governador, na MT-100, estão Barra do Garças - Araguaiana, com 51,80 km executados, Pontal do Araguaia - Torixoréu, com 36 km executados; Torixoréu - Ribeirãozinho, com 51,54 km executados e Ribeirãozinho - Ponte Branca, com 25 km ( 20 km rodovia 5 km acesso a Ribeirãozinho) executados. Na MT-251/110, trecho entre Nova Xavantina – Campinápolis foram executados 20 km de asfalto.

Para o prefeito de Ribeirãozinho, Marcos Moreira, a viabilidade econômica e de cunho social gerada com a pavimentação faz com que a região tenha mais potencial. "Uma obra tão sonhada para os 2.300 habitantes do nosso município. Pessoas que nasceram e vivem aqui há mais de 70 anos e hoje presenciam a concretização de um sonho".

Seo Belchior Bento da Costa, de 83 anos e nascido em Ribeirãozinho, lembrou que muita gente falava que nunca ia ver essa obra e hoje é realidade. "Pra nós melhorou muito e vai melhorar ainda mais. Não dá nem pra calcular a alegria."

Para o governador a satisfação é levar o desenvolvimento pra uma região que precisa de infraestrutura e gere oportunidades para aqueles que acreditaram e vieram pra essa região há tanto tempo. "A felicidade é ver o desenvolvimento chegando de forma real. Estamos fazendo justiça social, cumprindo um compromisso de governo. A região começa a ter uma transformação positiva, consolidando nosso planejamento e olhando com foco para o desenvolvimento com a presença do Estado em obras físicas".

Uma das grandes vantagens da chegada do asfalto na região é o tempo na estrada. Jurandir Fernandes, motorista que trafega pela MT-100 a cada 15 dias para ir a Cuiabá, conta que levava mais de duas horas para fazer o percurso de Ribeirãozinho a Barra do Garças. Hoje, com vários trechos asfaltados esse tempo caiu pela metade. "Facilita a nossa vida e o tempo que a gente levava de estrada. Era muito cansativo, sem falar na segurança que agora nós temos pra dirigir. Até pra pedir socorro era complicado porque demorava demais”.

Em Ribeirãozinho e Pontal do Araguaia Silval recebeu o título de cidadão dos dois municípios e moção de aplausos da Câmara Municipal Ribeirãozinho pelos serviços prestados e pelas obras de pavimentação da MT-100.

O prefeito de Nova Xavantina, Gercino Caetano Rosa disse que todas essas obras são muito importantes para a região do que tem potencial agrícola e pecuário muito grande. "Principalmente as obras da MT-251 que atendem os anseios da população. O MT Integrado é um programa que está contribuindo muito para melhorar a vida da nossa população. São obras esperadas há muitos anos e os próximos governos vão colher os frutos dessa ação".

Ao longo do dia, prefeitos de todos os municípios beneficiados com asfalto integraram a comitiva, além do secretário de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, Cinesio de Oliveira, os deputados estaduais Teté Bezerra, Baiano Filho e o senador Wellington Fagundes.

Na sexta-feira (21.11) o governador segue com a Rota do Araguaia para vistoriar obras da MT-240, entre Água Boa e Nova Nazaré e também entre o trecho de Nova Nazaré até Cocalinho, passando pelas obras de pavimentação de 33 km entre Canarana e Paranatinga, da MT-020.

 

Infelizmente as cidades do Norte Araguaia continuam em total abandono, enquanto  um lado população comemora do outro inicia o sofrimento por falta de asfalto, período chuvoso e sem nenhum representante. 

 

Secom-MT
Dani Cunha

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário