23/02/2011 12h:28 IML de Primavera do Leste funciona sem câmara de refrigeração

A atual sede do Instituto Médico Legal (IML) de Primavera do Leste foi inaugurada em 2007 e, desde então, o prédio de médio porte funciona sem a câmara de refrigeração.

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) quer que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp), tome providências em caráter de urgência para a aquisição da câmara (conhecida como geladeira). Zeca Viana fez a reivindicação durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (16).

“O IML de Primavera do Leste vem sustentando uma realidade angustiante e que é de conhecimento da Sejusp. Os funcionários não contam com local adequado para acondicionar os cadáveres”, ressaltou Viana. Além de suporte de trabalho, a falta da geladeira se tornou motivo de constrangimento entre os familiares dos falecidos.

De acordo com Zeca Viana, a história deste necessário aparato público vem tendo um final adiado por motivos alheios ao interesse público. Em 2005, o município de Primavera do Leste e o Governo do Estado firmaram um convênio no valor de R$ 366,7 mil, sendo o objeto a construção de um IML. A contrapartida do município foi estimada em R$ 75,3 mil.

Prevista no projeto inicial, a câmara ficou sob os cuidados de aquisição da Sejusp. Já que, no final da obra, em 2007, a Prefeitura devolveu aos cofres estaduais a importância de R$ 38,8 mil, mais de 50% do valor da câmara requisitada à época.

Assim, o Estado deveria completar o valor e adquirir o equipamento em caráter de urgência. “Mas infelizmente, a câmara fria não foi entregue. O IML vem trabalhando com dificuldade e acondicionando de forma inadequada os cadáveres que ficam sob sua guarda, até a retirada pelos familiares”, diz o deputado.

 
Paranatinga News