23/02/2011 14:34 São Félix do Araguaia vai brigar por uma fatia dos recursos para o turismo

 

 A secretária de Turismo de São Félix do Araguaia (MT), a 988 km de Cuiabá, Marinete Furtado Coelho lamenta que todos os investimentos para a Copa 2014 fiquem reduzidos à baixada cuiabana. “Nós também fazemos  parte da Amazônia Legal e vamos em Cuiabá nos próximos dias para conversar com a deputada Teté Bezerra (PMDB) e, se possível, pedir a intervenção do governador”, avisa.

 

Marinete observa que Teté Bezerra, secretária estadual de Desenvolvimento do Turismo (SedTur) conhece bem o Araguaia, sabe do seu pontencial e já viabilizou projetos para a região enquanto parlamentar. “Temos certeza que ela vai se sensibilizar e que são Félix pode ser bem projetada no circuito turístico de Mato Grosso. Tenho certeza que ela não vai esquecer da nossa região até porque ela é praticamente filha daqui como expressão política”, ressalta,  disposta a discutir com Teté Bezerra e inclusive com o Governo Federal a liberação de recursos para o turismo no Araguaia.

 

Especificamente em relação a São Félix, a secretária de Turismo do município lembra que ele é polo turístico do norte do araguaia, e que a prioridade da prefeitura é o desenvolvimento de atividades em prol do turismo sustentável. “Mas pra isso precisamos de várias adequações em sua infraestrutura. Não estamos preparados para receber muitos turistas”, reconhece ela, frisando que o prefeito Filemon Limoeiro é incansável na busca de recursos, principalmente na questão do asfalto, de melhorar o aspecto da cidade, viabilizar a construção de uma rodoviária e outras prioridades.

 

Marinete informa que o prefeito conseguir recapar as principais avenidas de São Félix. “Trabalhamos para organizar a cidade, deixa-la mais bonita para que todos cheguem aqui e fiquem encantados. Nosso recurso natural é vasto, temos um potencial turístico enorme, somos ricos em fauna, flora e com perfil para a pesca esportiva”.

 

Porém, pra falar que São Félix é uma cidade turística, a secretária reconhece que é preciso preparar a comunidade para receber de fato o visitante. “Cadastramos projetos nas esferas federal e estadual. Conseguimos asfalto no Ministério do Turismo e emendas parlamentares, temos ido a Brasília constantemente e a nossa meta é deixar São Félix melhor organizada para o desenvolvimento turístico”.

 

                            Sobra potencial, mas falta infraestrutura

 

 

A secretária lamenta que em Mato Grosso só se fale em turismo referindo-se à baixada cuiabana, Pantanal e Cáceres, enquano a região do araguaia, que ainda é preservada e pode desenvolver o turismo sustentável, nem é lembrada. “Vamos brigar por isso. Mato Grosso vai sediar a Copa, vai ter recursos e queremos fatia para que o Araguaia também seja inserido nesse roteiro turístico pró copa. A secretária Teté Bezerra já conhece nosso pontecial e vamos que parte desses recursos venham para cá”.

 

 

O Araguaia tem o produto, mas ainda falta muito para se transformar num pólo turístico. Tudo ainda é muito arcaico, falta estrutura para que as pessoas sejam bem recebidas. Em relação ao atendimento, a prefeitura está estudando uma parceria com Sebrae para levar cursos de qualificação nas áreas de hotelaria e gastronomia. “Logo após o carnaval vamos retomar as conversas com Sebrae e Senai e sei que o prefeito não vai medir esforços para garantir treinamento e cursos de qualificação para o desenvolimento do turismo em nosso município”, completa Marinete Furtado.

Sandra Carvalho e Vanessa Lima

 (com Vanessa Lima e Ida Aguiar, de O Repórter do Araguaia)