23/03/2013 - Após balear policial e roubar viatura, ladrão é encontrado morto

Um desentendimento entre os próprios criminosos, segundo a polícia, é a hipótese mais provável para o assassinato de Douglas Gabriel Sousa Costa, 18, que foi encontrado morto com um tiro nas costas dentro de um veículo que horas antes tinha sido roubado de um Policial Civil. Apesar de localizarem o carro e um dos criminosos, a polícia ainda não conseguiu encontrar o revólver que foi roubado do agente.

 

 

Como faz diariamente, o agente Antônio José dos Santos, que trabalha na Delegacia de Capturas (Setor Jaó), foi até a rua JC-22 no Jardim Curitiba buscar uma escrivã que é sua colega de serviço. Assim que parou com a viatura modelo Gol descaracterizada na porta da casa dela, o agente foi abordado por dois criminosos, que armados com um revólver anunciaram o assalto.

No momento em que abaixou para pegar sua pochete onde estava um revólver calibre 3.57, o policial recebeu um tiro na boca, sendo em seguida jogado no chão pelos criminosos, que fugiram com o veículo.

Enquanto o agente era atendido no Cais do Jardim Curitiba, mais de 50 policiais, entre civis e militares faziam buscas pela região atrás dos criminosos. Duas horas após o assalto, a viatura foi encontrada abandonada em uma estrada de terra que fica em uma mata no Bairro da Vitória e que dá acesso ao Bairro Floresta. No banco do passageiro do veículo os policiais encontraram o corpo de Douglas, que tinha a marca de um tiro nas costas.

Como o policial civil não teve tempo de reagir, a suspeita do Titular da Delegacia Estadual de Repressão aos Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), delegado Edson Carneiro Caetano, é que após roubarem a viatura os criminosos tenham discutido, ocasião em que um deles disparou no comparsa dentro do carro, já que não há sinais de perfuração na lataria do Gol.

Outra hipótese, menos provável, ainda segundo Edson Carneiro, é que Douglas Gabriel já estaria ferido quando tentou roubar o carro do agente. "Pode ser que ele tenha sido alvejado em outro delito e resolveu roubar o veículo exatamente para buscar socorro, vamos investigar isso também", declarou.

Já identificado por meio de fotografias, o comparsa de Douglas está sendo procurado em bairros da Região Noroeste de Goiânia. Medicado no Cais do Curitiba, o agente de Polícia Civil foi medicado e liberado no final da manhã de sexta-feira.

 

Áulus Rincon
Do Canal Gama

COMENTÁRIOS

Data: 26/03/2013

De: JAILTON DA SILVA

Assunto: MAIS UM VAI PARA O INFERNO

BEM FEITO... ESSE AI NÃO ROUBA MAIS POLÍCIA ...

Novo comentário