23/04/2016 - Roteiro de turismo indígena é lançado na FIT Pantanal

23/04/2016 - Roteiro de turismo indígena é lançado na FIT Pantanal

O secretário adjunto de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Luis Carlos Nigro, esteve presente no lançamento da Rota Parecis, um novo roteiro de turismo que começa a ser trabalhado em Campo Novo do Parecis (390,9 km de Cuiabá). O lançamento ocorreu na noite de quinta-feira (21.04), na Feira Internacional de Turismo do Pantanal (FIT Pantanal).

 

O roteiro etnológico compreende convívio e trilha nas Aldeias Wazare, Quatro Cachoeiras e Salto Utiariti. “Acreditamos muito no etnoturismo. É algo fantástico que proporciona ao turista uma experiência inesquecível na vivência com a comunidade indígena Paresí, e ainda na contemplação da natureza exuberante da região”, afirmou Nigro.

 

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo de Campo Novo do Parecis, Vanderlei Cesar Guollo, a formatação do roteiro surgiu de um trabalho realizado entre as comunidades indígenas, prefeitura e a Fundação Nacional do Índio (Funai). “O município está preparado para receber o turista. Fizemos esse roteiro juntamente com a comunidade indígena, justamente para enfatizar o turismo cultural”.

 

O cacique Rony Azoinace, da aldeia Wazare comentou sobre a questão social e o desenvolvimento econômico da comunidade. “Estamos com esse trabalho que era um sonho e que hoje se torna realidade para a nossa comunidade indígena, de poder trabalhar a cultura indígena junto com a preservação da natureza e principalmente a questão social da nossa comunidade. O etnoturismo vem propiciando a nossa comunidade uma alternativa de renda de forma sustentável, valorizando e difundindo a nossa cultura”.

 

A aldeia Wazare está localizada às margens do Rio Verde onde é possível participar do dia a dia da comunidade indígena, assistir apresentações de dança, cantos, ouvir as histórias míticas do povo, fazer pintura corporal e ainda usar as vestimentas indígenas. O turista pode ainda fazer um passeio de barco e se banhar nas águas do Rio Verde.

 

A aldeia Quatro Cachoeiras localizada dentro da área indígena Utiariti, recebeu esse nome devido às quatro quedas d’água formadas pelo Rio Sacre. O local é de grande beleza cênica, ideal para contemplação.

 

O cacique Narciso, da aldeia Quatro Cachoeiras, fez o convite para que todos visitem a comunidade. “O caminho está aberto para vocês poderem visitar, conhecer a vivência indígena, como que é a morada, a beleza da cachoeira e a beleza da aldeia”.

 

O salto Utiariti é um dos mais imponentes do Estado, formado pelas águas do Rio Papagaio, com uma queda de aproximadamente 90m. Vista do alto, pode-se perceber o formato semelhante ao contorno do Brasil. O turista pode além de contemplar, praticar rapel.

 

Além da Rota Parecis, o município oferece ao turista a prática de outras atividades como canoagem, ciclo turismo, expedição, mergulho, rafting e rapel.

 

Fampress

Nos meses de março e abril, a Sedec e o Trade Turístico promoveram fampress com a imprensa local, nacional e internacional com o intuito de divulgar os municípios turísticos do Estado. Os jornalistas visitaram atrativos turísticos de Nobres, Chapada dos Guimarães, Cáceres, Poconé, Jaciara, Campo Novo do Parecis e city tour na Capital mato-grossense.

 

A realização do fampress integra a FIT Pantanal, uma realização Governo do Estado, por meio da Sedec, e o Trade Turístico de Mato Grosso com o apoio do Ministério do Turismo e do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Prefeitura de Cuiabá, Senac, Sebrae, Sesc, Fecomércio, além de outras entidades.

 

 

 

Redação do 24 horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário