23/05/2011 - 19h:20 Preso condenado por homicídio conclui curso superior em presídio

 No município de Porto dos Gaúchos, distante 644 Km de Cuiabá, um preso condenado a 15 anos de reclusão por homicídio qualificado, concluiu esta semana o curso superior em Gestão Financeira, na faculdade Facinter/Fater. A conquista foi possível em virtude do projeto ressocialização desenvolvido no presídio, com o aval do Ministério Público e Poder Judiciário.

De acordo com a promotora de Justiça Roberta Cheregati, quando o reeducando Clécio Teodoro Koblitz, 26 anos, foi condenado havia cursado apenas a 7ª série do ensino fundamental. Na cadeia, ele deu continuidade aos estudos até concluir o ensino médio, prestou vestibular e foi aprovado para realização de curso superior.

“Esta conquista do reeducando é um orgulho não só para ele como também ao Ministério Público e Judiciário, eis que somada à punição foi alcançada a ressocialização do preso, o que na maioria das vezes não ocorre”, ressaltou a promotora de Justiça.

Segundo ela, a cadeia pública de Porto dos Gaúchos é um exemplo de instituição carcerária. No local, presos provisórios e reeducandos têm acesso à educação, cursos de artesanato, cursos profissionalizantes, pintura em tela e tecido e assistência médica, odontológica e religiosa.

Durante entrevista concedida à imprensa, o preso que acaba de concluir o ensino superior disse que a conquista representou uma grande vitória em sua vida. “Antes de ser preso eu nunca tinha sonhado com essa possibilidade de ter um curso superior e achava que nunca seria capaz de conseguir esse feito, porém mesmo de dentro da cadeia eu consegui realizar esse sonho”, afirmou.

A promotora de Justiça adiantou que o reeducando cumpre pena no regime fechado e no próximo ano terá direito à progressão de regimes.