23/05/2012 - Policial Militar e agente prisional batem de pistola e quebram dentes de agente de saúde após denúncia

 

Um policial militar e um agente prisional estão sendo acusados de agressão física a um agente comunitário de saúde, que teria apanhado de pistola no rosto inclusive quebrando lhe três dentes. O fato aconteceu no encerramento da festa do peão de boiadeiro de Araguaiana, a 556 km de Cuiabá, domingo (20). 
 
O policial militar (PM) de Barra do Garças, José Umbelino Fernandes Brito, 29 anos, e o agente prisional de Água Boa, Gercy Fernandes dos Santos, estavam curtindo a festa em Araguaiana quando depararam com a adolescente N.T.S., 17 anos, pedindo socorro às margens da rodovia alegando que teria sido estuprada. Em companhia da jovem, eles foram atrás do suposto agressor. 
 
Foi quando encontraram o agente comunitário de saúde de Itabirapuã-GO, Flávio Alves da Silva, 29 anos, que estava saindo da festa por volta das 6 horas da manhã. Durante abordagem, o policial e o agente prisional teriam se excedido ao ponto de agredir Flávio no rosto com uma pistola quebrando três dentes e causando hematomas no comunitário. 
 
Flávio conta que as agressões só cessaram quando a adolescente disse que estava na dúvida se teria sido ele ou outra pessoa e que na verdade não houve estupro e sim um homem que passou as mãos no seios dela ao final da final. 
 
O comunitário foi solto, mas decidiu procurar o sargento Leite do destacamento da PM em Araguaiana para registrar ocorrência e depois a delegacia em Barra do Garças. Flávio nega que tenha abusado da jovem e diz que foi confundido pela jovem. 
 
O delegado Adilson Gonçalves informou que o comunitário foi ouvido pelo delegado plantonista no final de semana quando relatou o fato. “Nós vamos ouvir as partes para esclarecer o caso”, destacou Gonçalves. Flávio retornou para cidade dele sem os dentes e disse que via processar os agressores pelo ocorrido. 
 
O comandante da PM-BG, tenente-coronel Paulo Costa, informou que o caso apurado em inquérito policial militar (IPM) sobre excesso do militar neste fato. “Já abrimos um procedimento para ouvir o militar e apurar o que realmente aconteceu. Fato também que será investigado pela Polícia Civil”, finalizou.
 
Ronaldo Couto/ Barra do Garças

Comentários

Data: 25/06/2012

De: justicia

Assunto: abuso de autoridade

que poca vergonha quem deveria dar exemplo faz uma pouca vergolha dessa em que mundo nois estamos e areputacao desse rapais onde fica sendo acusado de estrupo um rapas tam bao que pouca vergonlha em pm

Data: 04/06/2012

De: de,m

Assunto: loco,varido

esta.policia,penssa,que,e,so,bater,o,rapaz,nao,e,saco.de,pancada..porque.orapaz,e,un,menino,bom,e,trabalhador,e,muito,onesto,ele.nao,merecia,ter,passado,por,uma,coisa,dessa,.queremos.justicia,

Data: 04/06/2012

De: eu

Assunto: confusao

esta.policia.pensa.que.e.so.bater,e,pronto.ele.tem.que,pagar.porque.o.rapaz,e,un.menino,bom,trabalhador.e.muito.onesto,.ele,nao,merece,ter,sofrido,isso.

Data: 03/06/2012

De: tata

Assunto: pouca vergonha desses policiais!!!

Esses policiais tem que ser banidos pelas autoridades por terem agredido um cidadão itapirapuanense, este trabalhador, bom filho, honesto.... fico muito triste pelos que deveriam ser amigos da comunidade fazer uma palhaçada dessas sem ter prova nenhuma para agir dessa maneira, afinal o que podemos esperar desses agressores? cuidado gente vcs tbm podem ser vitima deles!!!!!!!

Data: 24/05/2012

De: ss

Assunto: covade

PM covade vem pracar que vomos ti mostra como que bate

Data: 23/05/2012

De: Cidadão

Assunto: VERGONHA

Agora virou moda, policial ta na festa provavelmente tomou todas e quer da uma de sei lá de que! Esses dias policias pegaram um casal Argentino e bateram quebraram os dentes do rapaz, foi preciso a interferencia do consulado, Agora Um agente prisional "que querem ser policia" juntamente com um policial militar quebram dente de outro, é uma vergonha para corporação, um desrrespeito a constitição e um afronto a cidadania.

Data: 23/05/2012

De: eu

Assunto: confusão

Eu em, que confusão danada essa sem saber a realidade o cara quase se acaba na taca, se realmente o cara abusou da jovem essas pancada foi bem empregadas, mais se foi emgano no minimo o policial tinha que dar outros dentes para o cara.

Novo comentário