23/06/2011 – 08h:10 Helder (Paco) desabafa: ”Eu quero apenas um lugar para dormir”

 O Jornal O Repórter do Araguaia entrevistou Helder conhecido como Paco para saber dele o porquê ele insiste em morar numa entre os dois banheiros antigos da rodoviária da cidade de São Félix do Araguaia onde é uma calamidade total Paco contou a reportagem do O Repórter do Araguaia porque continua dormindo naquele local.

 

Veja o que ele respondeu a repórter Vanessa Lima:

 

Jornal O Repórter do Araguaia: Helder o que você realmente pede as autoridades e população de São Félix do Araguaia:

 

R: Helber (Paco): Eu quero apenas um lugar para dormir porque não tenho minha avó não me quer na casa dela eu não conheci mãe nem pai não tenho ninguém por mim só preciso de ajuda apenas um quarto para eu dormir com porta e um banheiro um lugar pequeno só para que eu possa descansar a noite e peço a ajuda do povo de São Félix do Araguaia. Peço ao prefeito que ele olhe por mim porque não posso sair daqui e dormir na rua para que eu possa sair daqui preciso de um lugar apenas para dormir comer eu me viro.

 

Jornal O Repórter do Araguaia: Quantos anos você dorme nesse local? Alguém veio saber de você qual a sua necessidade?

 

R: Helber (Paco): Faz muito tempo não sei quantos anos moro aqui, e esteve aqui uma senhora não me lembro o nome, a vice-prefeita Nilva e a assistente social Marta prometeram e estou esperando que elas voltam a me fazer uma visita para resolver meu problema.

 

Jornal O Repórter do Araguaia: Conta para gente como tudo começou porque você veio parar nesse lugar precário:

 

R: Helber (Paco): Estou aqui desde o primeiro mandato do Uslei Gomes eu dormia na casa da minha avó na área do fundo e lá quando chovia eu tinha que levantar pendurar na rede e esperar a chuva passar aí a Edna minha irmã e a Salomé que trabalha na área da saúde conversaram com o Uslei e pediu que elas conversassem com o ex-vereador Sebastião e arrumaram para mim esse lugar aí para que eu pudesse dormir no começo tinha uma porta, mas com as chuvas e ventos está tudo acabando

 

 Jornal O Repórter do Araguaia: Porque sua avó não te quer lá?

 

R: Helber (Paco): Ela fala que lá é muito abafado e só tem dois quartos.

 

 

O Jornal O Repórter do Araguaia esteve no local aonde o Helder dorme e cenas fortes ficaram gravadas ao deparar com a situação, onde um ser humano vive sem a menor condição de higiene, a casa esta caindo os pedaços quando chove molha mais dentro que fora eu cheguei a me emocionar dentro terrível quarto dele não tem ventilação ele fuma excessivamente toda hora.

Pude ver que o Paco vive em total estado de abandono um lugar entre no meio de dois banheiros inacabados, conseqüentemente, sem ventilação e sem higiene. Na realidade, uma série de fatores, como colchões feitos de espumas, agrava a saúde do ser humano.

 

Segundo Paco, não foi cumprido nada do que foi prometido e essa situação também acaba incomodando outras pessoas que residem perto do local e que todos os dias se deparam com a mesma situação. Esperamos que essa situação seja resolvida o mais breve possível, pois estamos falando de um ser humano e  as autoridades de São Félix do Araguaia devem tomar as devidas providências, porque se trata de uma pessoa que tem sentimentos como outro qualquer e conversando com ele chegou um momento que a emoção tomou conta, quando ele estava expressando seus sentimentos diante da câmera e de um microfone, Paco não conteve as lágrimas que vieram de forma contínua e pude sentir que realmente alguém precisa ajudar de forma verdadeira.  Muitos dizem que ele é um cara que só vive bebendo, esse é mais um motivo que prova que alguém precisa ajudar esse ser humano, o jornal pede ao Ministério Público que acompanhe de perto esse caso encaminhe ao órgão responsável com agilidade e providência prevendo a saúde de um ser humano que precisa de ajuda. E a Vigilância Sanitária que, com base nas fotos feitas no local, que elaborare um relatório e encaminhem aos setores competentes para que providências sejam tomadas.

 

A constituição cidadã de 1988 que traz em seu Art. 3º que: Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: I- construir uma sociedade livre, justa e solidária; II- garantir o desenvolvimento nacional; III- erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;  IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Um referencial de conquista de um povo que lutou por mais direitos, maior liberdade, melhores garantias individuais e coletivas, e não se conformou  com às dominações arrogantes, seja do próprio Estado ou de outras instituições.Como disse  Ulysses Guimarães em seu discurso na Constituinte em 27 de julho de 1988.

 

 “Essa será a Constituição cidadã, porque recuperará como cidadãos milhões de brasileiros, vítimas da pior das discriminações: a miséria”. “ Cidadão é o usuário de bens e serviços do desenvolvimento. Isso hoje não acontece com milhões de brasileiros, segregados nos guetos da perseguição social”.

 

Vanessa Lima e Ida Aguiar

 

Comentários

Data: 04/07/2011

De: Marcela

Assunto: Paco

Ivone Lima,

me corrija se eu estiver errada, mas, na frase "Eu quero apenas um lugar para dormir porque não tenho minha avó não me quer na casa dela... ", faltou uma virgula entre "tenho" e "minha", eu entendi que ele tem apenas a avó mas a mesma não quer ele na casa. Vamos torçer que a autoridade responsável tome alguma atitude. Abraços

Data: 24/06/2011

De: v.a.s

Assunto: paco

Como a realidade do nosso país é triste e cruel!!É notório que isso não faz parte só das capitais.É imprecionante,o descaso com ser humano.É a lei onde quem tem muito, consegue cada vez mais e quem não tem acaba não tendo nunca.Cabe os orgãos responsáveis ver a situação dessa pessoa,por favor sejam solidários,nem que pelos menos dê trabalho q ele possa manter suas dispesas.

Data: 24/06/2011

De: Ivone Lima

Assunto: Humanidade

Caberia sim a família, mais como ele mesmo disse que não tem a avó, não conheceu os pais, cabe ao poder público tomar as iniciativas e as vezes a pessoa toma lá suas bebidas alcóolicas pra esquecer um pouco o sofrimento já tem que começar daí a fazer tratamento com esse ser humano. Vamos ver se a assistencia social vai lá fazer sua visita. Parabens ao jornal repórter do araguaia por essa iniciativa é assim que mostramos que fazemos a diferença. Parabensssssssss.

Data: 24/06/2011

De: Marcela

Assunto: Paco

Esse é um verdadeiro descaso mesmo, mas acho que isso cabe a familia. Paco tem la seus defeitos, mas é um cara trabalhador, acho q a familia deveria ajuda-lo. Abraço a todos

Novo comentário