23/06/2015 - Cuiabana acusada de atropelar e matar gari se apresenta à Polícia

23/06/2015 - Cuiabana acusada de atropelar e matar gari se apresenta à Polícia

 estudante cuiabana Hívena Queiroz Del Pintor Vieira, de 24 anos, suspeita de atropelar e matar um gari de 61 anos no centro de São Paulo, se apresentou na manhã desta segunda-feira (22) no 3º Distrito Policial, em São Paulo.

De acordo com a reportagem do programa Balanço Geral, daTV Record, a estudante chegou ao local por volta das 11h30, na companhia do pai e um advogado. Eles não falaram com a imprensa. 

O atropelamento aconteceu no início da madrugada do último dia 16 de junho. Segundo a reportagem, era madrugada quando dois garis que trabalhavam no centro da cidade foram atingidos por um carro desgovernado. 

Alceu Ferraz morreu na hora e José João da Silva teve ferimentos leves. 

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela acusada na noite do acidente, ela estava na casa de uma amiga. Ao sair do local, a estudante contou que teria sofrido uma tentativa de assalto, próximo à Praça João Mendes. 

Na fuga, conforme a jovem, ela teria atropelado “algo” ou “alguém”. 

Conforme a reportagem, a distância entre a Praça que a estudante teria sofrido a tentativa do assalto até à Avenida São João, onde se encontravam os garis, é de 1,5 km. 

Ainda conforme a reportagem, a Polícia Civil informou que vai solicitar que a amiga citada no boletim de ocorrências preste depoimento. 

A Polícia também vai requisitar quebra de sigilo telefônico da estudante para apurar a informação de que ela teria efetuado uma ligação para o serviço de emergência (190) relatando a tentativa de assalto. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Dias, a jovem poderá responder por quatro crimes: homicídio culposo, lesão corporal culposa, omissão de socorro e fuga do local do acidente. A soma das penas chega a sete anos de prisão.

O caso

A Polícia chegou até Hívena através de uma denúncia anônima.

O carro dela, que está com o para-brisas danificado, foi apreendido na garagem do prédio onde reside, no bairro Moema, Zona Sul de São Paulo.

 
 

 


A localização do veículo foi realizada por meio da análise de imagens de câmeras de segurança instaladas na região.

 

 

 

Thaiza Assunção 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário