23/07/2015 - Polícia Civil apura agressão de major contra noiva

23/07/2015 - Polícia Civil apura agressão de major contra noiva

Subcomandante do 24° BPM, major Lupercio Cabral dos Santos, 36, deve prestar depoimento na Delegacia Especializada da Mulher de Cuiabá, suspeito de agredir em via pública a noiva, T.R.C, 30, na madrugada do último domingo (19). Nas redes sociais, mulheres prestaram solidariedade a jovem agredida, e divulgaram fotos dela machucada, aos prantos. 

Ela registrou boletim de ocorrências na Central de Flagrantes, e pediu medidas protetivas contra o policial militar. A jovem contou em depoimento que ela e o noivo voltavam de um bar, por volta das 3h, quando sem motivo aparente ele começou a agredi-la, dentro do carro, a socos e tapas.

O major teria voltado ao bar, depois de uma ligação de um amigo para que voltasse ao bar para pegar a comanda, e a jovem com o rosto ensaguentado, pois também teve a cabeça batida contra o painel do veículo, pediu socorro.

Este amigo teria pedido que o major parasse com as agressões, mas ele a trancou no carro e retomou o caminho. Em um ponto da Avenida Fernando Corrêa da Costa, a mulher conseguiu descer, mas foi arrastada pela rua e jogada no veículo novamente.

Na casa dele, no Parque Cuiabá, ela fingiu estar desmaiada e conseguiu deixar o local com a ajuda da mãe dele. Ela acionou a PM, que foi até o local, mas não o prendeu em flagrante, pois não teriam o encontrado.

A Polícia Militar informou que abriu sindicância para apurar o caso. A delegacia da Mulher deve abrir inquérito nesta quarta-feira (22).

 

Izabel Barrizon, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário