23/07/2015 - São José do Xingu recebe I Encontro da Cadeia Produtiva do Leite no dia 5/8

23/07/2015 - São José do Xingu recebe I Encontro da Cadeia Produtiva do Leite no dia 5/8

Cerca de 200 pessoas, entre produtores de leite e interessados na atividade, são aguardados no evento, a ser realizado pelo Sebrae MT, no sítio Araponga no Distrito de Santo Antônio do Fontoura. 

 

CUIABÁ - A produção de leite pode ser uma atividade lucrativa e rentável, desde que desenvolvida com conhecimento de gestão e tecnologias simples, que aumentam a produtividade do rebanho. A atividade leiteira é também  uma boa opção para diversificar a produção em propriedades rurais de diversos portes. A fazenda é um empreendimento e deve ser gerido como tal. Nesse contexto, o leite possui enorme potencial socioeconômico, a ser explorado em Mato Grosso.

Estas constatações poderão ser confirmadas pelos  produtores de leite da região nordeste do estado mato-grossense no I Encontro da Cadeia Produtiva do Leite, a ser realizado pelo Sebrae MT, no dia 5 de agosto no município de São José do Xingu. Cerca de 200 pessoas, entre produtores de leite e interessados na atividade são aguardados no evento. O Sítio Arapongas, localizado no Distrito Santo Antônio do Fontoura, será o local do encontro.

A programação será ministrada por consultores do Programa Balde Cheio, desenvolvido pelo Sebrae e parceiros em todo o país. Vale ressaltar que o programa capacita técnicos locais (em parcerias com prefeituras, sindicatos rurais, cooperativas, associações) para fornecerem assistência técnica aos produtores, baseada na metodologia do Balde Cheio.

O investimento é de R$ 30/pessoa, incluindo almoço. O I Encontro da Cadeia Produtiva do Leite é uma ação do Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Leite do Sebrae MT. O evento em São José do Xingu será das 9h às 16h30 no Sítio Araponga de propriedade de Paulino Carneiro Pereira Neto. 

Informações e inscrições: 0800 570 0800 ou  66. 3564.1609 (agência do Sebrae em Confresa).

Região promissora

O Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Leite do Sebrae MT vem sendo desenvolvido na região nordeste de Mato Grosso, há dois anos, abrangendo os municípios de Confresa, Vila Rica, Santa Cruz do Xingu, São José do Xingu, Cana Brava do Norte, Novo Santo Antônio, Ribeirão Cascalheira e Querência.

 

A pecuária leiteira ainda é realizada de forma extensiva na região. As propriedades produzem, em média, menos de 90 litros/dia, com baixa produtividade tanto por vaca, quanto por área.

Para esta atividade ser produtiva, rentável e lucrativa é necessário que o produtor tenha conhecimento sobre fatores fundamentais como: alimentação, reprodução, sanidade, qualidade genética, manejo e gerenciamento.

Por meio de tecnologias simples - como a produção de forragens para fornecimento ao rebanho, durante todo o ano; e anotações de dados zootécnicos e financeiros -  é possível melhorar os resultados da produção leiteira e tratá-la como negócio. Muitos desses procedimentos não são, ainda, praticados na região. Este é um dos princípios da metodologia do Programa Balde Cheio.

Clima

Mato Grosso possui clima propício para a produção de pastagens, terra e água abundantes, segundo Fernando Bueno, consultor do Programa Balde Cheio, que estará no Encontro, no próximo dia 5. Os produtores precisam reconhecer as potencialidades da atividade e se animarem a buscar mais eficiência por meio da adoção de técnicas simples de produção, diz ele.

“A produção de leite pode gerar aumento de renda capaz de viabilizar a permanência de milhares de pessoas no campo, trabalhando e vivendo com alta qualidade de vida”, argumenta Fernando.

O Sitio Araponga, onde será realizado o encontro, participa do Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Leite do Sebrae MT e é um exemplo típico de propriedade do Baixo Araguaia, que está investindo na atividade leiteira. No início, produzia cerca de 100 litros/dia com 17 vacas. No momento, está produzindo 135 litros/dia com 15 vacas em ordenha, frente a rebanho de 29 vacas, 15 novilhas, 10 bezerras e 9 machos.    

Serviço:

I Encontro da Cadeia Produtiva do Leite de São José do Xingu

Realização: SEBRAE MT

Local: Sítio Araponga - Proprietário: Paulino Carneiro Pereira Neto - Distrito: Santo Antonio do Fontoura - Município: São José do Xingu - MT

Data: 05/08/2015

Horário: 9h00 às 16h30

Investimento: R$ 30/pessoa (almoço incluído)

Inscrições: 0800 570 0800 ou (66) 3564.1609 (agência Sebrae em Confresa)

Programação:

·  9:00 h - Abertura

·  09:30 h - Palestra: Atuação técnica no desenvolvimento da atividade leiteira - Competitividade do Mato Grosso na produção de leite - Marcelo de Rezende - Cooperideal

·  10:30 h - Palestra: Desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no MT - O elo da produção da "porteira para dentro" - Fernando Bueno – consultor do Programa Balde Cheio

·  11:00 h - Estações tecnológicas - Técnicos dos municípios do Vale do Araguaia:

1.       Manejo de pastagens

2.       Cana-de-açúcar para alimentação do rebanho leiteiro 

3.       Controle da produção e o uso do quadro de controle reprodutivo

4.       Criação de bezerras e novilhas e o uso do quadro de controle de crescimento

·  12:30 h - Almoço

·  14: 00 h - Palestra: Gestão e desafios da atividade Leiteira – por Marne Moreira - Embrapa

·  15:00 h - Intervalo

·  15:30 h - Palestra motivacional

·  16:30 h - Encerramento

 

Assessoria de imprensa Sebrae MT/Vanessa Brito

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário