23/09/2016 - Professor da UFMT é acusado de filmar aluna sem roupa em banheiro

Um professor de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), do campus de Rondonópolis (215 km de Cuiabá), é acusado por uma aluna de tê-la filmado em um dos banheiros da unidade de ensino, na última quarta-feira (21). Por conta do fato, a universitária procurou a delegacia e registrou um Boletim de Ocorrências (BO).

 

Conforme as informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, a menina – identificada como A.A., 20 anos – foi até o banheiro e quando estava tirando a roupa percebeu que havia um celular entre a cabine que ela estava e a outra. Assustada, ela colocou a calça rapidamente e ficou aguardando para ver quem sairia do local ao lado.
 
Como ninguém apareceu, a jovem resolveu ficar do lado de fora aguardando que alguém saísse e percebeu que quem estava tentando filmá-la era um professor do curso de medicina. Por conta disto, a universitária procurou a Delegacia Especializada Defesa da Mulher do município para registrar um Boletim de Ocorrências (BO).
 
O caso está sendo investigado pela delegada Lígia Pinto da Silveira Avelar. O professor, que não teve o nome divulgado, deverá responder a um Termo Circunstanciado de Ocorrência por importunação ofensiva ao pudor.

 

 

 

Da Redação - Wesley Santiago

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário