23/10/2012 Governo de MT investe mais de R$ 37 milhões em aeroportos do Estado

Ao todo, 11 municípios serão beneficiados com obras de infraestrutura

 

O Governo do Estado, por meio da Sedtur-MT (Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo) vai investir mais de R$ 37 milhões para melhorar a infraestrutura de 11 aeroportos/aeródromos do Estado, localizados em Juína, Rondonópolis, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Juara, São Félix do Araguaia, Tangará da Serra, Cáceres, Diamantino, Barra do Garças e Alta Floresta.

O objetivo, segundo a pasta, é impulsionar o turismo para as várias regiões de Mato Grosso. As obras que serão realizadas nos aeroportos são de sinalização luminosa, ampliação da pista, de pouso, estação de passageiros, pavimentação e recapeamento da pista, pátio para aeronave, acesso ao aeroporto e outras.

De acordo com a secretária de Turismo, Teté Bezerra, as obras dos aeroportos de Rondonópolis, Tangará da Serra, Barra do Garças e Juara já estão prontas para serem licitadas, enquanto os demais estão com os projetos em fase de conclusão.

Os recursos que serão usados para a realização dessas obras são provenientes do montante de R$ 250 milhões viabilizado pelo Governo do Estado junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social) para serem investidos em infraestrutura turística.

“Ficamos um ano e meio trabalhando para liberar os recursos. Agora, chegou o momento de colocarmos em prática importantes projetos que vão contribuir para desenvolver o turismo em várias regiões do Estado e preparar os nossos atrativos para os turistas que vão visitar Mato Grosso na Copa o Mundo de 2014”, afirmou a secretária.

Segundo Bezerra, até 2014 serão investidos R$ 330 milhões na infraestrutura turística do Estado.

“São obras fundamentais para o turismo, como por exemplo, a revitalização da Salgadeira, investimentos em Nobres e no Pantanal”, disse.

Planejamento para a Copa

A SAC (Secretaria de Aviação Civil) apresentou ao Gecopa (Grupo Executivo da Copa) a lista dos aeroportos alternativos que poderão ser usados durante a realização do Mundial de 2014. O trabalho de planejamento foi realizado em conjunto com o Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo), do Comando da Aeronáutica do Ministério da Defesa.

Os aeroportos destinos em Mato grosso serão o de Várzea Grande e o de Rondonópolis. O terminal aeroportuário alternativo durante o Mundial será o de Barra do Garças.

“O aeroporto alternativo é uma exigência da Fifa e será usado no caso de alguma condição meteorológica adversa ou por motivos de gerenciamento de locais para o estacionamento de aeronaves”, explicou a secretária.

Para a aviação regular, os critérios de seleção de aeródromos públicos levaram em consideração atributos como distância com raio de até 250 quilômetros da cidade sede dos jogos, a existência de um terminal de passageiros e de uma pista de pouso com mais de 1,5 mil metros.

No caso da aviação geral, foram selecionados aeródromos, públicos ou não, distantes até 500 quilômetros das cidades-sedes. Além disso, foram observados ainda critérios como pista com mais de 1,3 mil metros e com resistência superior a PCN 7 (classificação de resistência do pavimento da pista).

A lista apresentada ao Gecopa também é segmentada em aeródromos de destino e aeródromos alternativos, já prevendo um direcionamento de acordo com as características do voo: internacional, doméstico, aviação geral ou VIP
(autoridades, delegações ou chefes de Estado).

 

 

Fonte: Midia News/O  Repórter do Araguaia

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário