23/10/2012 Prêmio Nacional de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga é lançado no Rio de Janeiro

O Governo do Estado, por meio da Comissão Estadual do Trabalho Escravo (Coetrae-MT) e do Conselho Estadual do Trabalho (Cetb-MT), lança no dia 25 de outubro o Prêmio Nacional de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga no Estado do Rio de Janeiro. O anúncio acontecerá durante a entrega da premiação concedida pela ONG Movimento Humanos Direitos (MHuD) para as pessoas que se destacaram em prol dos direitos sociais, no ano de 2012.

A MHud é uma das parceiras na realização do prêmio Coetrae-MT. A instituição é composta por diversos artistas que apoiam e implementam iniciativas contra o trabalho escravo, o trabalho infantil, e em defesa da demarcação de terras indígenas e quilombolas, além de causas socioambientais. A ONG criou ainda o Prêmio João Canuto, em homenagem ao sindicalista que lutou pela reforma agrária e acabou sendo morto com 18 tiros no Sul do Pará, em 1985.

O Prêmio Nacional de Jornalismo Coetrae-MT é uma das maiores premiações realizadas pelo Governo do Estado para os profissionais da comunicação social. Podem ser inscritas na premiação as matérias que abordarem a temática do trabalho escravo contemporâneo, com veiculação entre 18 de julho deste ano a 30 de janeiro de 2013.

Cada uma das sete categorias do prêmio oferta um bônus de R$ 15 mil para o primeiro lugar, R$ 4 mil para o segundo lugar e R$ 1 mil para a terceira colocação. O autor da reportagem destaque poderá embolsar ainda uma premiação no valor de R$ 20 mil. O valor total dos prêmios atinge a casa dos R$ 140 mil.

O lançamento do Prêmio Nacional de Jornalismo Dom Pedro Casaldáliga no Rio de Janeiro acontecerá, às 18h, no Auditório Manoel Maurício da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que está localizada na Av. Pasteur nº 250 – Bairro da Urca. Outras informações sobre a premiação podem ser obtidas no site www.mt.gov.br ou pelo endereço eletrônico premiocoetreajornalismo@gmail.com.

 

Fonte: Secom-MT/O Repórter do Araguaia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário