24/02/2011 - 09h:20 Polícia deflagra operação contra prostituição infantil

A Polícia Civil desencadeou, na noite desta quarta-feira (23), a Operação Lua com objetivo de combater a prostituição infantil e exploração de vulneráveis na região central de Cuiabá.

A ação foi realizada em conjunto com o Ministério do Trabalho em seis pontos do centro da capital mato-grossense, localizados entre o Beco do Candeeiro e o Morro da Luz.

Os trabalhos foram coordenados pelas Delegacias Especializadas do Adolescente (DEA) e da Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (DEDDICA). A operação foi deflagrada por volta das 18h e seguirão durante toda a madrugada, segundo apurou o Olhar Direto.

Nas primeiras horas de ação das equipes, dois hotéis foram identificados como pontos de prostituição, próximo ao Beco do Candeeiro. Os locais funcionavam sem alvará da prefeitura e, segundo a delegada Liliane Muratta, uma das responsáveis pela operação, as garotas cobravam o valor de R$ 15 a hora do programa.



 Operação Lua - PJC

Em um bar, no número 60 da Travessa 27 de Setembro, policiais civis encontraram uma agenda com a contabilidade dos programas. Várias garotas foram encontradas no local e encaminhadas para delegacia, para prestar depoimento.

Várias equipes da Polícia Civil participaram da operação, incluindo investigadores com cães farehadores e aproximadamente 13 auditores fiscais  do trabalho acompanharam as ações, chefiadas pelo delegado Paulo Araujo.

Operação Lua - PJC - Julia Munhoz


Da Redação - Julia Munhoz