24/03/2015 - Imagens mostram momento da morte de lutador e demora no atendimento

A morte do atleta de luta livre Pedro Aguayo Ramirez chocou o México e todos que estão ligados no mundo do esporte. Aguayo tinha 35 anos, era filho de uma das lendas da modalidade e morreu em cima do ringue, na última sexta-feira (20), ao ser atingido por um chute no pescoço.

O atleta teve traumatismo cervical após tomar chutes e cair da área em que se realizava o duelo. O momento em que El Hijo del Perro Aguayo, como era chamado, leva os golpes fatais aparecem em um vídeo divulgado na internet.

Primeiro, ele leva um chute próximo ao pescoço e cai para trás. Em seguida, se levanta e continua com o show. Do outro lado do ringue, Aguayo volta a ser atingido por um chute, mas dessa vez a cabeça dele fica presa nas pernas de um dos outros lutadores.

Assim que se solta e cai na beira do ringue, Hijo Aguayo já está morto. Apesar de ele estar visivelmente desacordado, os colegas de luta livre continuam com o espetáculo sem perceber a gravidade do fato. 

Os companheiros pensam que a atitude de Aguayo faz parte da luta. Assim, eles continuam com os golpes mesmo sem o colega, que permanece pendurado nas cordas do ringue. Dois dos lutadores chegam a passar do lado dele e cair para fora do ringue.

Eles, então, voltam e continuam com a apresentação. Depois de muito tempo, um dos árbitros se aproxima e percebe a gravidade da situação. O lutador é retirado das cordas e fica deitado no chão.

Mesmo assim, os outros atletas seguem a todo vapor com os golpes para lá e para cá. Mesmo com o Aguayo no chão, o juiz chega a declarar até o vencedor da luta.

Veja o vídeo

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário