24/03/2015 - Motoristas se arriscam e usam pista interditada na Av. Miguel Sutil

Interditada há 60 dias pela Defesa Civil do Estado, a pista marginal da Trincheira Santa Rosa, na Avenida Miguel Sutil, está sendo usada de forma arriscada por motoristas e pedestres.

A via foi interditada após uma cratera se formar em frente a uma obra particular. A calçada do local cedeu por conta de escavações e a obra de reparo ainda não foi iniciada. 

Recentemente, os blocos de concreto que fazem o bloqueio da via foram retirados e carros, motocicletas e até caminhões transitam pelo local.

De acordo com a empresária de uma loja que fica ao lado do local e que não quis se identificar, o risco do asfalto ceder é muito grande, tendo em vista que a cratera abrange boa parte da pista. 

“Precisei pagar um rapaz para colocar três blocos de concreto em frente à loja, pois os motoristas, antes do bloqueio da pista ser retirado, estavam passando pela minha calçada para entrarem na avenida”, afirmou.

Segundo a empresária, nos dias de chuva, ela não abre a loja, por medo do local desabar. 

“Já tem mais de dois meses que a cratera se abriu e ninguém faz nada para resolver o problema. Até quando vai ficar assim?”, questionou. 

Outro lado

O secretário de Transporte Urbano de Cuiabá, Thiago França, informou que os agentes de trânsito da Capital bloquearam a via diversas vezes, porém comerciantes locais estariam retirando as barreiras para poderem passar pelo local.

“Não tenho condições de mandar todos os dias uma equipe de agentes de trânsito para bloquear a pista. As pessoas precisam ter bom senso e entender que a via está bloqueada e que passar pelo local é muito perigoso”, disse. 

A reportagem tentou contato com a Defesa Civil do Estado, que, conforme Thiago França, é a responsável pela obra no local.

Entretanto, até o fechamento desta matéria ninguém atendeu as ligações. 

 

 

Thaiza Assunção 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário