24/04/2011 - 18h:55 Cuiabá é campeão mato-grossense

O Cuiabá é campeão mato-grossense. A equipe cuiabana conquistou o título na tarde deste domingo ao empatar em um gol com o Barra, no Dutrinha. O time do Barra chegou a estar vencendo com gol de Cleidir, aos 36 minutos do primeiro tempo. O gol do empate foi feito por Douglas, aos 39 minutos da fase complementar. Este foi o terceiro título do Cuiabá no Campeonato Mato-grossense.

 O Cuiabá entrou em campo dando a clara demonstração de que estava com o regulamento debaixo do braço. Atuou totalmente diferente da forma como jogou todo o campeonato, mais recuado, tentando deixar o tempo passar. O Barra parecia que estava jogando em casa. Foi mais ofensivo, mais vibrante, dominava a partida e criava jogadas de perigo. 

O primeiro lance de perigo aconteceu aos 11 minutos para o Barra com Jócion que chutou para fora. O Cuiabá não conseguia articular e ainda tinha em Fernando uma peça obscura em campo, não produzindo nada. 

Aos 26 minutos novamente Jócion perde uma chance de ouro para abrir o marcador, chutando para fora. A primeira chance do Cuiabá só aconteceu aos 30 minutos com Tozim que obrigou o goleiro Anderson a fazer grande defesa. 

O Barra era melhor, dominava a partida e aos 36 minutos em ataque rápido Jean faz falta em Nenezinho e leva cartão amarelo. Edson Sá cobra por cobertura para o ala Cleidir aparecer de surpresa, subir mais que a defesa cuiabana e abrir o marcador. 

Com a vantagem, o Barra continuou atacando, mas perdendo boas oportunidades. 

Na fase complementar, o Cuiabá voltou com uma alteração, o artilheiro Moreno no lugar de Edu Amparo. A modificação, aliada a bronca que o técnico Ary Marques deu em seus jogadores, mostrou que o time da Capital seria diferente. Logo aos 30 segundos Tozim obriga o goleiro Anderson a fazer uma grande defesa. 

O jogo prometia ser diferente, mais emocionante. E começou a todo vapor com os dois times procurando o gol. Aos 4 minutos, Isarel cobra falta e obriga Fabiano a grande defesa. O Barra, era melhor e o Cuiabá voltou a mostrar a mesma apatia do primeiro tempo, jogando atrás, tentando garantir o resultado que lhe dava o título. 

Mesmo assim, aos 14 minutos quase empatou. Tozim cabeceia e Anderson faz uma excelente defesa. Dois minutos depois, o Barra teve tudo para fazer o segundo gol.Nenezinho chutou no travessão. No rebote, Jócion toca e Fabiano coloca para escanteio. 

Aos poucos o Barra, que precisa de pelo menos mais um gol para forçar a decisão em penalidades máximas começou a mostrar nervosismo, embora fosse melhor em campo. Com isso, o Cuiabá passou a equilibrar mais a partida e aos 39 minutos fez o gol de empate. Em uma das raras jogadas de lucidez de Fernando, o time cuiabano empatou. Ele fez boa jogada pelo setor esquerdo, levando dois zagueiros e tocando para Douglas, que se desvencilhou de seu marcador e na saída do goleiro Anderson tocou para o fundo da rede fazendo o gol de empate e do título mato-grossense. 

Depois do gol foi só administrar o resultado e comemorar o tricampeonato. 

CUIABÁ

Fabiano; Marquinhos, Yuri, Reinaldo e Natanael; Bogé, Natan, Jean e Fernando (Amaral); Tozim (Douglas) e Edu Amparo (Moreno). Técnico - Ary Marques.

BARRA

Anderson; Cleidir (Vinicius Bala), Luiz Carlos, Daniel e Edson (Baiano); Edson Sá Dinho Carioca), Paulo Roberto, Alexandre e Israel; Jócion e Nenezinho. Técnico - Roberto Oliveira.

Gols – Cleidir, aos 36 minutos do primeiro tempo e Dougla, aos 39 minutos do segundo tempo

Árbitro – Alinor Silva da Paixão

Assistentes – Lincoln Ribeiro e Fábio Rodrigo Rubinho

Cartões amarelos – Bogé, Fabiano e Jean (Cuiabá) e Paulo Roberto e Alexandre (Barra)

Cartões vermelhos -

Renda – Não foi fornecida

Público – Não foi fornecido

 

Jonas Jozino
Da Redação 24 Horas News