24/04/2012 - Operação 'Abril' da Polícia Civil encerra com 258 pessoas presas no interior

 

Em quatro dias de operação no interior de Mato Grosso, a Polícia Judiciária Civil levou 258 pessoas para a cadeia. Este é o saldo da operação "Abril", realizada entre os dias 16 e 20 de abril pelas delegacias das 12 Regionais da Diretoria de Interior da Polícia Civil. Foram 167 mandados ( prisão e busca) cumpridos, lavrados 153 autos de prisão em flagrante, apreendidos 67 quilos de droga, 53 mil e 70 veículos.

 

Para a operação foram mobilizados 508 policiais das Regionais de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Garças, Cáceres, Diamantino, Juína, Água Boa, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Porto Alegre do Norte, Sinop e Tangará da Serra.

 

O diretor de interior, Aldo Costa da Silva, disse que o objeto do trabalho foi alcançado. Conforme o diretor, a operação faz parte do cronograma de atuação da diretoria que planejou pelo menos uma operação integrada por mês com todas as delegacias de polícia do interior. “Cada delegado fica encarregado de fazer cinco representações judiciais, para cada uma das operações”, explicou.

 

Em número de prisões, Cáceres está entre as três primeiras com 35 presos e 62 quilos de drogas, sendo 56 quilos de pasta-base encontrados dentro de um veículo que colidiu com outro, em fuga durante operação da Delegacia do Adolescente, no dia 10 de abril. Na localidade também foram apreendidos 10 armas de fogo e12 veículos.

 

Em primeiro lugar está a Regional de Rondonópolis com 44 prisões, 11 armas e 15 veículos. A Regional de Juina prendeu 38 pessoas. Sinop efetuou a prisão de 36 pessoas, apreendeu 4 quilos de drogas, 4 armas e 5 veículos. Barra do Garças prendeu 31 pessoas, apreendeu 8 armas e 17 veículos. Tangará da Serra 22 pessoas, uma arma, três veículos e 6 motosserras. Na sequencia ficaram as Regional de Alto Araguaia (14 presos), Alta Floresta (12 presos), Diamantino (11), Àgua Boa (10) e Porto Alegre do Norte (3).

 

Assessoria/PJC-MT