24/04/2013 - Carreteiro é preso com R$ 900 mil em cocaína que seria levada para Cuiabá

A Polícia Federal prendeu, na terça-feira, próximo a Campo Grande (MS), um motorista, de 48 anos, que transportava 100 quilos de cocaína escondidos dentro do compartimento de ar de uma carreta. Ele disse que a droga estava sendo levada para Cuiabá.

Segundo a PF, a carga está avaliada em cerca de R$ 900 mil. O caminhoneiro contou que pegou a mercadoria no Paraguai. A PF interceptou a carreta na BR-060, entre Campo Grande e Sidrolândia. Os policiais desconfiaram do condutor porque o caminhão estava vazio.

A carreta foi encaminhada para Superintendência Regional da PF em Campo Grande, onde, com a ajuda de um cão farejador, os policias descobriram a cocaína escondida no “bujão de ar” da carreta.

O caminhoneiro contou que pegou a droga no Paraguai e a levaria até Cuiabá. Ele entregaria o entorpecente para outro homem em um posto de combustível na entrada da capital mato-grossense. No entanto, a PF vai
investigar essa versão.

O motorista foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e pode ser condenado a até 15 anos de prisão. Após averiguar a identidade dele (que não foi divulgada pela PF), fora constatado que o mesmo motorista já foi preso há dois anos pelo contrabando de cigarros, transportados em um fundo falso na carroceria de outra carreta.

 

De Sinop - Alexandre Alves

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário