24/04/2013 - Ministro dos Transportes anuncia investimentos de R$ 1 bi e Riva destaca avanços para MT

Foi assinado convênio com o Governo do Estado para pavimentação da BR-174, recuperação da BR-158 e duplicação da BR-163/364

 

O ministro dos Transportes, César Borges, anunciou investimentos na ordem de R$ 1 bilhão para a infraestrutura estadual durante visita a Mato Grosso nesta terça-feira (23).

 

Em solenidade realizada no Palácio Paiaguás, foi assinado o convênio com o Governo do Estado para a implantação e pavimentação de 272,4 km da BR-174, entre Juína, Juruena, Cotriguaçu, Castanheira e Colniza, avaliada em R$ 663 milhões. Também foi expedida ordem de serviço para a recuperação da segunda etapa da Rodovia BR-158, no trecho entre Ribeirão Cascalheira e Barra do Garças, na ordem de R$ 157 milhões. Antes disso, o ministro e o governador Silval Barbosa (PMDB) lançaram em Rondonópolis, obra de duplicação da BR 163/364, entre a cidade e Jaciara, que custará R$ 255 milhões. Ao todo, R$ 1.075 bilhão serão investidos na infraestrutura de Mato Grosso.

 

 Presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PSD), destacou a importância das obras para o escoamento da produção de Mato Grosso, promovendo a integração principalmente da região Noroeste do Estado com a obra de pavimentação da BR-174.

 

 “É a realização de um sonho principalmente para os moradores da região Noroeste, pois permitirá mais competitividade com o deslocamento das cargas nesta localidade que foi muito penalizada ao longo dos anos. A obra da BR-174 é a de maior alcance social, pois muitos já morreram por não conseguirem trafegar na rodovia. Em inúmeras situações, os prefeitos de Colniza, Cotriguaçu, Juruena, Juína e Castanheira, tiveram que agilizar aeronaves para transportar pacientes até Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta e Tangará da Serra, devido à impossibilidade de ir pela rodovia”, lembrou Riva.  

 Durante sua fala, Riva argumentou ao ministro que a receita de Mato Grosso não faz frente às demandas em função da desoneração, como a Lei Kandir, por exemplo, e falta de melhor distribuição do bolo tributário. Afirmando que o Estado precisa do Governo Federal, o presidente da Assembleia Legislativa fez um apelo para a pavimentação dos 240 km de Juína e Vilhena (RO). “Seria a obra mais importante para a região, não dá para entender o motivo pela qual ainda não foi pavimentada, pois essa rodovia está intransitável desde janeiro”, cobrou o parlamentar.  

 

 Há 19 dias como ministro, César Borges lembrou a necessidade de infraestrutura para Mato Grosso, que em sua análise, é um ícone do Brasil, sendo baluarte da produção, contribuindo ativamente para o Produto Interno Bruto (PIB) e balança comercial do país.

 

 “É preciso dotar Mato Grosso de infraestrutura para escoar a safra com mais rapidez, eficiência nos modais, diminuir custos e principalmente, atender o cidadão possibilitando melhor deslocamento. Por isso, o Governo Federal está investindo R$ 1 bilhão no Estado”, relatou.

 

 Ao destacar a realização da obra, o governador disse que juntamente com o MT Integrado, que interligará 44 municípios através do asfalto, será a possibilidade de corrigir desigualdades sociais. “Jamais um governo ousou em fazer um programa de interligação das cidades como fizemos. São três mil km de pavimentação para facilitar o escoamento da produção, inserindo milhões de hectares ao setor produtivo, trazendo desenvolvimento às regiões de Mato Grosso”, disse.

 

 RODOVIA DOS IMIGRANTES - No ato de assinatura do convênio que transfere para o Governo do Estado, a responsabilidade de execução das obras de pavimentação asfáltica, o ministro recebeu a solicitação para a pavimentação e duplicação de 28 km da MT-407, rodovia dos Imigrantes, estrada construída na década de 80 para desviar o trânsito pesado das ruas de Cuiabá e Várzea Grande. Representantes da associação de empresários da região estiveram no evento e levaram faixa para solicitar a realização da obra que tem custo de R$ 165 milhões. O ministro pediu que a Assembleia Legislativa aprecie a federalização da rodovia para que o Governo Federal faça os trâmites para a assinatura do convênio.  

 

Também participaram da solenidade, os deputados federais Eliene Lima (PSD), Valtenir Pereira (PSB), Carlos Bezerra (PMDB) Wellington Fagundes (PR) e o suplente Roberto Dorner (PSD), os estaduais Mauro Savi (PR), Romoaldo Júnior (PMDB), Dilmar Dal Bosco (DEM), Airton Português e Pedro Satélite, ambos do PSD, os prefeitos de Cuiabá e Várzea Grande, Mauro Mendes (PSB) e Wallace Guimarães (PMDB), o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT), Jorge Fraxe, além de prefeitos e vereadores da região Noroeste.

 

KLEVERSON SOUZA

Assessoria da Presidência

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário