24/05/2013 - Barreto avalia conferência e defende malha ferroviária

Com debates sobre a conjuntura econômica e social do país, encontro da Unale também fomentou as relações internacionais, com vistas aos desafios do futuro

Eleito mais uma vez para compor a diretoria da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais – Unale, para o mandato de 2013-2014 como 2º secretário, o deputado J. Barreto (PR) marcou presença, na 17ª Conferência da Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, ao defender investimentos para a malha viária de Mato Grosso, num momento em que representantes das assembleias legislativas do Brasil e delegações da China, Canadá e Suécia discutem os desafios para o futuro. Tema da conferência deste ano, realizada nesta semana em Recife, sob a coordenação da Unale e apoio da Assembleia Legislativa de Pernambuco - Alepe.

Barreto aproveitou a oportunidade para destacar o potencial de Mato Grosso às delegações e os convidou para visitar o estado. “Vamos agendar audiência com o governador Silval Barbosa (PMDB) nos próximos dias. A intenção é atrair novos investimentos; fortalecer a cadeia produtiva e fomentar avanços no comércio exterior”, avalia.

Dessa forma, Barreto foi categórico ao reivindicar mais atenção do Governo Federal na área de infraestrutura e logística, especialmente, pela dimensão de Mato Grosso, que possui municípios distantes a mais de mil quilômetros da Capital.

Em seu discurso durante a reunião do Parlamento do Sul – Parlasul, destacou a inauguração do Terminal Intermodal Ferroviário de Rondonópolis prevista para julho deste ano, que será o maior terminal nessa categoria da América Latina, comandada pela América Latina Logística - ALL. Essa reunião abordou a integração da malha ferroviária brasileira, com a palestra do deputado estadual Laerte Tetila (PT/MS) sobre “Perspectivas do Desenvolvimento no Caminho dos Trilhos”. A conferência da Unale em 2014 será em Campo Grande/MS.

Barreto também chamou a atenção dos participantes para a consolidação do projeto da Ferrovia MT/PA, para interligar Água Boa, na região do Araguaia, ao Porto de Barcarena, no nordeste do Pará, com o traçado paralelo às rodovias BR-158, PA-150, BR-222 e BR-010. Esse projeto, de autoria do deputado José Riva (PSD), tem o aval do governador do Pará, Simão Jatene, e foi analisado como viável pelo pesquisador do Núcleo de Estudos de Logística e Transporte da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Luiz Miguel de Miranda.

“Existem esforços para a implantação dessa ferrovia para interligar essas duas unidades da federação, reduzindo os custos e o tempo para o escoamento da produção. A Assembleia Legislativa de Mato Grosso se concentra nesse projeto de integração nacional sobre trilhos pela promoção do desenvolvimento. Pois, sabemos que a falta de logística emperra o crescimento dos nossos municípios”, explicou J. Barreto, ao conclamar o apoio de outros estados por mais investimentos nessa área.

Representando a AL/MT, Barreto também prestigiou outros debates sobre o equilíbrio federativo e o desenvolvimento sustentável; economia globalizada e seus efeitos na política nacional; sustentabilidade, agroenergia e alimentos; alterações climáticas e seus efeitos; desafios para o aumento da produção de alimentos; preservação dos recursos naturais na era do consumo e destinação dos resíduos.

“Mais uma vez a Unale nos surpreende com importantes debates, que vão contribuir para um mundo melhor. As palestras foram muito produtivas e nos proporcionaram a troca de experiências e alternativas para o fortalecimento do poder legiferante”.

 

ITIMARA FIGUEIREDO

Secretaria de Comunicação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário