24/07/2015 - Deputada aponta "manobra" do Governo e pede respeito à AL

A deputada Janaína Riva (PSD) voltou a criticar o Governo do Estado, que, segundo ela, não está tendo humildade, tampouco respeito no trato com a Assembleia Legislativa. 

“Acho que o realmente o que falta é humildade do Governo. Falta é respeito com o Parlamento”, afirmou a deputada, durante sessão da Assembleia, na noite da última quarta-feira (22). 

A principal critica da parlamentar é quanto ao processo de votação do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2016. 

 

Janaína, o Governo teria articulado uma “manobra” para que ela e o deputado Zeca Viana (PDT) não estivessem presentes na sessão extraordinária de ontem, ocasião em que o projeto deveria ser votado. 

Isto porque, na última semana, foi acordado que os parlamentares entrariam em “recesso branco” e que o projeto só seria votado em agosto, assim que os deputados retomassem as atividades. 

“As emendas foram acatadas, foram discutidas, mas acontece que a forma de se votar é que nos deixou indignados. Convocar uma sessão de um dia para o outro, tomar uma decisão, sendo que nem o presidente da Casa está aqui”, disse Janaina. 

Segundo as informações, o deputado Guilherme Maluf (PSDB) está no exterior.

“Muitos deputados estavam fora do Estado e vi que havia a intenção de que eu e o deputado Zeca Viana não estivéssemos presentes, para que a LDO fosse votada com uma manobra, para que o projeto fosse apreciado sem que nós pudéssemos pedir vistas ou analisar de uma forma mais minuciosa a LDO”, completou a deputada. 

Janaína afirmou ainda que falta diálogo do Poder Executivo com os deputados. E, para ela, a polêmicao em torno da votação da LDO – que, inicialmente, estava prevista para ocorrer no último dia 16 de julho – é uma prova disso. 

“A questão da LDO, da não apreciação, é uma demonstração disso. O Governo pode ter a maioria massacrante aqui dentro de membros de situação, porém, não consegue votar LDO”, disse. 

“O deputado Zeca Viana e eu também já tínhamos a intenção de pedir vistas ao projeto. Estamos corretos, precisamos mostrar justamente isso: a força e a independência do Poder Legislativo. Precisamos mostrar que nós deputados temos muito a contribuir e temos que avaliar com muita cautela todas as emendas novas. Esse é nosso objetivo”, afirmou.

“Emenda não é favor” 

A deputada Janaína Riva rebateu ainda declarações do líder do Governo na Assembleia, deputado Wilson Santos, de que 56 das 130 emendas apresentadas pelos parlamentares foram aprovadas nas comissões da Casa e não serão vetadas pelo governador Pedro Taques (PDT). 

“A emenda é colaborativa, o deputado tem a oportunidade constitucional de ajudar e auxiliar o Governo a direcionar seu orçamento. Emenda não é nenhum presente que está sendo aos colegas deputados, isso não é vantagem. Emenda não é um favor, é um direito”, afirmou. 

“Os colegas aqui sabem que, quando precisarem de mim para defender o Parlamento, vão contar com minha ajuda. Temos que defender a Assembleia Legislativa, mostrar nossa força. Não é mandando matéria pra cá e querendo que vote de um dia pro outro, não é mandando com urgência urgentíssima e querendo fazer pressão em cima de deputado. Nós temos nossos méritos também e temos nosso trabalho para mostrar aqui dentro”, completou a parlamentar. 

A polêmica

O Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2016 no início de junho passado.

A proposta do Executivo estima uma receita total de R$ 16,035 bilhões para 2016 e valor idêntico para despesas. 

O projeto foi aprovado, em primeira votação, no último dia 15, com 76 das 130 emendas propostas pelos parlamentares. 

Na sessão do dia seguinte, no entanto, o deputado Emanuel Pinheiro (PR) pediu vistas ao projeto. 

O republicano apresentou, na manhã da última quarta-feira (22), um substitutivo ao projeto da LDO, com 56 emendas propostas pelas lideranças partidárias. 

O projeto foi aprovado pela CCJ ainda ontem, mas o deputado Zeca Viana voltou a pedir vistas e tem cinco dias para analisar o substitutivo. 

 

 

Camila Ribeiro 
Da Redação

Comentários

Data: 24/07/2015

De: eleitor

Assunto: corrupção e ladroagem

essa tal deputada e formada em maladragem e acha que com essa de chupa ovo vai enganar alguem idiotas daquela que lhe acompanham pois seu reinado ta prestes de desmoronar cambada de corruptos ladros do brasil com pose de santinha do pau oco

Novo comentário