24/09/2014 - "De forma covarde, Taques escala um bando para me atacar"

Candidato a governador, Lúdio Cabral (PT) afirmou que tem sido alvo sistemático de ataques dos aliados de Pedro Taques (PDT) a cada pesquisa que o aponta no segundo turno.

“De forma covarde, Taques escala um bando de aliados para me atacar, cada vez que é divulgada pesquisa que aponta que estamos no segundo turno. Depois fica na TV pousando de bonzinho e de vítima”, afirmou.

“Meia dúzia de bilionários de Mato Grosso está financiando a campanha do nosso principal adversário. Alguns desses bilionários devem milhões de ICMS paro Estado. Quais serão os interesses que determinam esse financiamento? É muito importante que a nossa população faça essa reflexão no momento de escolher quem vai governar o Estado”, disse.


Ele disse que Taques tem que “parar de fugir e esconder-se por trás dos bilionários que o financia”. 

“Apenas apresentamos as contradições do nosso adversário que quer enganar a população ao esconder que é apoiado por Pedro Henry, preso, líder do Partido Progressista que indicou, inclusive o candidato a vice de Taques. Que tem em seu palanque Chico Galindo o responsável pela privatização e falta de agua em Cuiabá. Que esconde que é responsável pela gestão caótica da saúde em Cuiabá com a indicação dos dois secretários de saúde do prefeito Mauro Mendes”, disse.

“Queremos fazer um debate franco, transparente, para que a população possa analisar e fazer uma escolha consciente”, afirmou.

 

 

DA REDAÇÃO

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário