24/09/2015 - Prefeitos Luciano Alencar e Gaspar Lazari estão entre os piores em popularidade do estado de MT

 

Os irmãos Adriano Pivetta, de Nova Mutum, e Otaviano Pivetta, de Lucas do Rio Verde, são os mais bem avaliados entre os prefeitos dos 50 maiores municípios mato-grossenses, que representam 80% do eleitorado. É o que revela a KGM Pesquisas, em mais uma edição do IKGM de Aprovação Popular dos gestores públicos. Adriano alcançou a nota 7,83 (numa escala de zero a 10), com conceito 83,6 e com índice IKGM de 80,95. Otaviano recebeu nota 7,53, com conceito 80 e IKGM de 77,65 (medida aritmética das duas variáveis) - confira detalhes no quadro.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris, vem em terceiro, com nota 7,16, seguido de Mauro Rosa, o Maurão, de Água Boa, com 7; e de Maia Neto, de Alto Araguaia, com 6,86. Carlos Bianchi, de São José dos Quatro Marcos ocupa o ranking de sexto melhor avaliado, com 6,75, e o prefeito de Barra do Garças, Beto Farias, em sétimo lugar, com 6,65. Completam a lista dos dez melhores prefeitos o empresário Mauro Mendes, de Cuiabá, com 6,36; Fábio Schroeter, de Campo Verde, com 6,45; e Fábio Junqueira (Tangará da Serra), com 6,32.

No caso de Adriano Pivetta, segundo aponta a pesquisa, 31,4% dos mutuenses avaliam que o prefeito está sendo ótimo, enquanto 55,2% apontam-no como bom. Para 4,6% a administração é ruim. Dos entrevistados, 3,1% avaliam o governo municipal como péssimo. Em Lucas, 19,6% disseram que Otaviano é ótimo prefeito e, 68,6% consideram-no bom. É ruim para 6,2% e, péssimo, para 3,6%.

Comparativo

Este é o terceiro ano consecutivo que o IKGM avalia o desempenho dos prefeitos, eleitos em 2012. Num comparativo com anos anteriores, a gestão Adriano avançou sobremaneira. Em 2013, aparecia em 14º lugar e no ano passado figurava em 5º lugar. Otaviano subiu gradativamente no conceito popular, saindo de 3º em 2013 para 4º colocado no ano passado e agora é o segundo mais bem avaliado. A maior guinada dos 10 melhores aconteceu em Cáceres. O prefeito Francis estava na 44ª colocação e agora ocupa o terceiro lugar.

Levantamento do Ranking IKGM de Aprovação Popular, feito entre julho e este mês, aponta também os prefeitos que estão em baixíssima popularidade. Dos que administram os 50 maiores municípios, os piores em avaliação são Sidney Salomé, em Araputanga, e Valdir Ribeiro, de Santo Antonio do Leverger. Em todo o Estado são 141 prefeituras.

Em Araputanga, nada menos que 61% consideram a gestão Salomé péssima e 19,7% definam-na como ruim. Só é considerada ótima para 1% e boa para 11,4%. Já o prefeito Valdir é classificado como péssimo por 53,6% dos entrevistados e ruim para 22,2%.

Outro com baixo conceito é  Sinvaldo Brito, de Peixoto de Azevedo, com nota 3,4. Entram também na lista das "piores" prefeitas Meire Adauto, de Poconé; e Jane Lopes, de Poxoréu, ambas com 3,3. Aparecem ainda Asiel Bezerra, de Alta Floresta (3,7); Evaldo Diehl, de Canarana (3,8); Gaspar Lazari, de Confresa; e Luciano Alencar, de Vila Riva (os dois com nota 3,6); e Donizete Barbosa, de Pontes e Lacerda, com 3,7.

 

 

RD News

Comentários

Data: 25/09/2015

De: joao serra nova

Assunto: pior prefeito

o prefeito de serra nova dourada é o pior do brasil imagine no mt tá errado essa avaliação.

Data: 24/09/2015

De: kUDIONE

Assunto: BAU

E O bAÚ ENTÃO DEVE TÁ COMO

SEGURA NEGO VEIO DEVAGAR QUASE PARANDO

Novo comentário