24/09/2015 - Vereador Janovan Rios divulga Nota de Esclarecimento em resposta ao Sintep e Sispumvir

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Rica Janovan Rios de Sousa esclarece a nota de repúdio feita pelo Sindicato dos Servidores municipais em 16 de Setembro de 2015.

A Diretora Regional do Sintep Marizete Maria do Nascimento ligou para o Presidente da Câmara Municipal Janovan Rios no dia 02 de setembro solicitando uma reunião com todos os vereadores, contudo, o presidente já havia marcado uma pauta de reuniões para aquele dia como: Sessão Extraordinária as 15:00 horas para votar um aditivo no montante de R$ 182.000 (cento e oitenta e dois mil reais) que tem como objetivo o retorno das obras do Hospital Municipal, em seguida, uma reunião com Organização do Rodeio, e ás 16:00 horas o Presidente teria uma reunião no Ministério Publico com o com novo Promotor de Justiça, Dr. João Bife.

O Presidente da Câmara sugeriu a Srª Marizete Maria do Nascimento que, marcasse uma nova data, que poderia ser até para o dia seguinte, para falar dos assuntos de seu interesse, contudo, a mesma não confirmou, e apareceu na hora da reunião previamente agendada anteriormente, e devido os compromissos já marcados não teve como ouvi-la naquele dia, mas afirma o Presidente que a Câmara estaria disposta a ouvi-los em uma nova oportunidade.

Janovan Rios afirma que:

“Autoritarismo não está em minha pessoa e que desde que  assumi a presidência venho sempre empenhado em atender as pessoas que me procuram e que mais importante que eu é o cargo que exerço, que hoje estou como presidente, amanhã será outro e assim tantos outros que passaram pelo cargo, e eu jamais me empolgaria por estar na presidência”.

O Presidente da Câmara Janovan Rios afirma que mesmo a Diretora do Sintep Srª Marizete ter sido injusta lançando a nota de repudio, a Câmara Municipal estará sempre de portas abertas para discutir todos os tipos de assunto de interesse da municipalidade, como esteve para falar do Plano Municipal da Educação, inclusive, da grande polemica da meta 14 onde a mesma foi vetada em parte pelo Chefe do Executivo. Com o veto, a Câmara Municipal teria prazo regimental de 30 dias  a contar do seu recebimento na Secretaria Administrativa para apreciá-lo, nos termos do artigo 215, § 5° de seu Regimento Interno, contudo, o veto foi apreciado e votado na sessão seguinte , onde os vereadores derrubaram o veto parcial da meta 14.

 

 

Câmara Municipal
de Vila Rica

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário