24/09/2016 - Produção de soja e milho bate recorde em 2015, diz IBGE

Impulsionada pelos recordes de produção da soja (97,5 milhões de toneladas) e do milho (85,3 milhões de toneladas), a agricultura registrou, em 2015, crescimento de 5,6% no valor de produção, que chegou a R$ 265,5 bilhões. Com aumento de 12,3% na produção, a soja atingiu valor de R$90,4 bilhões, seguida pela cana-de-açúcar (R$ 43,7 bilhões) e pelo milho (R$ 29,8 bilhões).

A área total cultivada com os 63 produtos investigados em 2015 totalizou 76,8 milhões de hectares, o que representou um crescimento de 567 mil hectares em relação a 2014. Prejudicada pela irregularidade e escassez de chuvas, especialmente no Mato Grosso e Espírito Santo, a produção do café caiu 5,7% em 2015 frente a 2014, atingindo 2,6 milhões de toneladas.

Em termos municipais, São Desidério (BA) continua liderando o ranking nacional, com crescimento de 23,2% no valor da produção, que chegou a R$ 2,8 bilhões de reais (1,1% do valor da produção nacional), tendo o algodão como principal cultura, seguido pelo município de Sorriso (MT), cujo valor de produção atingiu R$ 2,5 bilhões (0,9%), e que é o maior produtor de soja e milho do país. Na fruticultura, destacou-se Petrolina (PE), cuja produção atingiu valor de R$ 749,6 milhões (2,8% no valor da fruticultura).

São Paulo permanece em primeiro lugar no valor da produção, com 14,9%, praticamente o mesmo percentual de 2014. Já o Mato Grosso, aumentou sua participação de 13,5% para 13,9%, devido ao crescimento da produção de soja e milho. Os municípios com maiores participações no valor da produção foram São Desidério/BA (1,1%), Sorriso/MT (0,9%), Sapezal/MT (0,8%) e Campo Novo do Parecis/MT (0,7%).

Essas informações estão na Pesquisa da Produção Agrícola Municipal (PAM) 2015, que investiga 63 produtos da agricultura nacional, com dados para Brasil, grandes regiões, estados e municípios. Essa edição da pesquisa traz, também, mapas que representam as principais culturas no território brasileiro. As informações completas estão disponíveis 
aqui.

Safra de cereais, leguminosas e oleaginosas cresce 7,8% em 2015
A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosa, de. 2015, totalizou 209,7 milhões de toneladas, novo recorde, superando em 7,8% à obtida em 2014. O valor de produção desses produtos atingiu R$ 147,4 bilhões, um aumento de 7,8%. As boas condições climáticas e a expansão da área cultivada com a soja e com o milho 2ª safra foram os principais fatores responsáveis por este aumento da produção.


Outros dados de produção no país você pode acompanhar no site do IBGE, clicando AQUI

 

 

 

Assessoria IBGE

Comentários

Data: 25/09/2016

De: joão de deus ferreira

Assunto: noticias

Usando a educação
EDUCAÇÃO pode ser usada para o bem ou para fazer o mal para uma grande população que está sofrida e humilhada, por muitas administrações, que não condiz com a verdade.
EDUCAÇÃO é o processo de desenvolvimento da capacidade intelectual moral e cívica do ser humano.
EDUCAÇÃO é a transformação de um efeito conhecedor de um Mundo maravilhoso.
EDUCAÇÃO hoje é vista como grande peso na economia de fracos políticos que assumem dizendo que é, mais não é, que faz, mais não faz, e querem melhorar a economia aumentando a carga horaria dos professores de oitocentas horas para mil e quatrocentas horas, e assim diminuir o quadro de professores que está onerando a fraca economia, e aumentar o número de alunos de cinquenta para cem em sala de aula.
O homem que falou que ia ter bolsa atleta e pódio, quer acabar com a educação física e artística ou arte, para o bem da boa administração deste que começa.
O MEC tem um respeito profundo a que se diz respeito aos professores deste País, aquilo que já era pouco o MEC tirou autorizando pessoas com um pouquinho de conhecimento a dá aulas nas escolas Brasileiras.
O MEC não tem um projeto de ponta para educação deste País, quando eles querem ver algo recorrente, encontra no contra o V dos tccs, MEC ditou a língua inglesa, por que gostou do som, e as outras línguas, serão excluídas?
EM 2014 JOÃO DE DEUS FERREIRA-EDUCAÇÃO, este foi um comentário eu JOÃO DE DEUS FERREIRA postei, e falei em um feixe de ideias de cada rincão de cada Município de cada Estado e as melhores ideias serão as premiadas, o que me surpreendeu, é que o meu comentário é uma sósia das ideias do MEC, por que não um plagio uma copa malfeita?
EDUCAÇÃO em certas ocasiões não é tudo, até por que ela não resiste a fome e a miséria produzida por esse tipo que se diz diplomados, diretores do mal.
RESTA a vocês guerreiros professores, produzir esses feixes de ideias por redes sociais e mostrar para o MEC, como se produz um projeto democrático de direito a Educação. QUEM manda nesse País são vocês.
AS MATÉRIAS: São português, matemática, e geometria, e intercalar as outras matérias, bem como educação-física, artes, musica, e as demais matérias; e diminuir o número de alunos nas classes.
O MEC é um pequeno grupo de teleguiados sem conteúdo mostrando serviço para o seu poderoso chefão.
EDUCAÇÃO terá que ser compartilhada com todos os professores, se você não sabe o que é educação saia fora.
PRESIDENTE DO STF MINISTRA CÁRMEN LÚCIA, fala do machismo
Machismo é um sentimento complicado.
De um ser apaixonado.
Que não manda flores.
Mais quer ser bajulado.
Ou está sofrendo de um conjunto de manifestação somáticas, psíquicas, que sobrevive ao homem após os cinquenta anos.
Principalmente com a diminuição das atividades sexuais.
Eu fiquei cem por cento capaz, com uma lecitina e duas enzimas, fabricada por JD, proteína solúvel que desempenha o papel catalisador nos organismos vivos.
Eu me sinto com dezoito anos.
CNVIDO a todos os professores que faça um comentário em favor do rio São Francisco ao Meio Ambiente.

JOÃO DE DEUS FERREIRA-O HOMEM

Novo comentário